Milhares de beneficiários do Bolsa Família vão ganhar R$ 450,00 mensais, veja quem são

0

Milhares de beneficiários do Bolsa Família vão ganhar R$ 450 mensais. Isso porque o valor do benefício do programa Bolsa Família pago aos moradores da cidade de Belém (PA) receberá um aumento.

A mudança é resultado de uma ação da Prefeitura Municipal em parceria com a Fundação Papa João XXIII (Funpapa), que será responsável pelo acréscimo. Assim, como falamos, o valor mensal será de R$ 450.

Dessa forma, o programa “Bora Belém” deve distribuir cerca de R$ 30 milhões para a população em vulnerabilidade social que vive na cidade. A iniciativa entrará em vigor ainda no primeiro semestre de 2021. Para saber mais, continue a leitura!

É provável que você também goste:

Auxilio Emergencial pode se estender por mais 6 meses

Sem Auxílio Emergencial, 3,4 milhões de pessoas irão para a extrema pobreza

Como vai funcionar o Bolsa Família de R$ 450?

A Câmara Municipal de Belém aprovou o projeto para aumento do Bolsa Família em 8 de janeiro. Com isso, a realização de uma seleção com as famílias beneficiárias do programa deve ser feita.

Isso para identificar quais delas estão em situação de maior vulnerabilidade. Hoje, a medida espera a autorização do prefeito Edmilson Rodrigues (PSOL). O governo do Estado também fará parte da iniciativa.

Dessa forma, depois de o Conselho Municipal de Assistência Social analisar o texto, cabe ao Município divulgar as regras e exigências para o novo programa. Importante dizer que o próprio município, junto com o governo federal, cederá a verba para o custo do valor acrescentado nos benefícios.

Quando será feita a implementação?

Segundo o texto do programa, a lei de orçamento do município já previa essas despesas eventuais: “sendo possível o remanejamento de verbas para atendimento da política assistencial que forem necessárias para viabilizar a implementação dos benefícios previstos nesta lei, inclusive, em face de eventual urgência decorrente de algum evento com grande impacto social”.

Mas, então, qual o calendário para os novos pagamentos? Até agora, o governo não divulgou o calendário detalhado de quando o projeto entrará em vigor. Mas, o que se sabe é que a expectativa é que isso ocorra ainda no primeiro semestre de 2021.

Por fim, a base para identificação dos beneficiários será o banco de dados do Cadastro Único. Por isso, se você é um beneficiário do Bolsa Família interessado no aumento, lembre-se de manter seus dados atualizados.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então, é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Cassiano Correia/shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...