Bolsonaro não ampliou isenção de imposto de renda por ‘desgraça da pandemia’

0
PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

Na última quinta-feira (07), o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro informou que não fez a alteração na tabela do Imposto de Renda (IR), por conta da “desgraça da pandemia”. Essa alteração previa a isenção de Imposto de Renda para uma faixa salarial. Esse discurso ocorreu em frente ao Palácio da Alvorada. Essa alteração era uma de suas promessas de campanha em 2018. 

É provável que você também goste:

PUBLICIDADES

Bolsonaro pretende subir isenção do IR para salários até R$ 3 mil

PUBLICIDADES

Reforma Tributária: Auditores pedem prisão para quem sonegar Imposto de Renda

Governo Federal decidiu antecipar 13º do INSS e abono salarial em 2021

Novidade: Neon vai oferecer cartão de crédito para negativados.

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

O que é o IR?

O imposto sobre a renda, ou o imposto sobre o rendimento, é uma taxa da espécie imposto, que existe em vários países. Dessa forma, cada contribuinte, seja esse pessoa física ou pessoa jurídica, deve pagar uma porcentagem de sua renda ao governo anualmente. 

Para saber qual o valor devido, existe uma tabela que aponta a porcentagem a ser paga. Esse valor, irá variar de acordo com a riqueza produzida pelo contribuinte, no decorrer de 1 ano.

Sobre a ampliação da isenção de Imposto de Renda no Brasil

Diante de seus apoiadores, Bolsonaro afirmou:

Falei que o Brasil estava quebrado, e está quebrado, na questão pública, está. Vê se os prefeitos não estão quebrados, estão no limite, pagando suas despesas obrigatórias. Tá no limite.

Ele disse também, que não há como dar respostas e mudar o rumo do país de forma rápida. 

A ampliação da isenção do Imposto de Renda, é uma das promessas de campanhas do presidente. Porém, até o momento, ela não saiu do papel (assim como outras promessas de Bolsonaro. Antes da pandemia, em 2019, o presidente afirmou que a ampliação estava sendo estudada por seu governo.

Atualmente, quem tem renda de até R$ 1.903.98 possui isenção na declaração do Imposto de Renda. Acima desse valor, há desconto de 7,5%, 15%, 22,5% ou 27,5% sobre o valor dos rendimentos. Esse último valor, vale para quem ganha acima de R$ 4.664,88. A tabela do IR foi atualizada pela última vez em 2015.

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

A intenção do presidente, é aumentar a isenção de Imposto de Renda, para quem ganha até cinco salários mínimos. Dessa forma, se atualmente estivesse aprovada essa medida, pessoas que ganham até R$ 5,5 mil, estariam isentas de pagar o imposto.

Conforme Bolsonaro, a ideia da mudança deve ocorrer, até o final de seu mandato. Vale ressaltar, que a ideia do presidente, não agradou a sua equipe econômica em 2019.  

Enfim, gostou da notícia?

Para ficar por dentro de mais notícias como essa, é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitter, Instagram e Twitch. Além disso, é importante lembrar que fazemos lives em todas as plataformas, todos os dias, às 20h00.

Imagem: Celso Pupo/shutterstock.com

PUBLICIDADES
Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar