Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

BOMBA: famoso banco digital pode ser vendido por causa de dívidas

Uma das plataformas de serviços financeiros mais queridas do Brasil pode ser vendida em breve. Entenda mais sobre o caso.

A Americanas segue em seu processo de recuperação judicial. A companhia vem se reinventando nos últimos meses com o objetivo de reduzir o rombo de mais de R$ 40 bilhões em suas contas. Nesse período, a varejista já fechou dezenas de lojas. Agora, outra medida importante pode estar a caminho.

Na última quinta-feira (18), a empresa divulgou uma nota onde indicou a possibilidade de vender a Ame Digital, fintech que pertence ao grupo. A Americanas afirmou que está “avaliando alternativas estratégicas” para a operação, mas fez questão de enfatizar que não há nenhuma decisão oficial.

Compradores interessados

No comunicado, a rede revelou que vem sendo procurada por algumas empresas que estariam interessadas em adquirir a Ame. Ela deu a entender que a venda da marca pode realmente se concretizar em um futuro próximo.

A Americanas ainda informou que os próximos passos em relação à fintech “podem envolver contatos preliminares com os potenciais interessados”.

Demissões em massa na Ame

Há alguns dias, a Ame e outras três empresas ligadas a ela (Bit Capital, Parati e Nexoos) promoveram uma grande redução de funcionários através de uma demissão em massa de aproximadamente 90 pessoas. No entanto, as empresas não divulgaram oficialmente o número de colaboradores desligados.

Na ocasião, a Americanas alegou que os cortes faziam parte da “adequação dos produtos financeiros da Ame às necessidades atuais” da companhia.

A Ame

A fintech nasceu em 2018 como uma espécie de carteira digital que visava atender a todas as atividades do grupo Americanas. Entretanto, o negócio cresceu e acabou se tornando uma plataforma financeira.

A Ame passou por um processo de fortalecimento, realizado através das aquisições de três afiliadas: a financeira Parati e as fintechs Bit Capital, de banking as a service (BaaS), e Nexoos, de empréstimos P2P e credit as a service (CaaS).

Desde a sua criação, a Ame Digital tem sido um dos negócios mais rentáveis do grupo. O negócio vem, inclusive, em ritmo de crescimento. No último trimestre de 2022, a fintech apresentou lucro líquido de R$ 20,2 milhões. Esse resultado indicou um salto de 5 vezes o valor arrecadado no semestre anterior (segundo de 2022).

Imagem: bluedog studio / Shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital