Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Brasil registra seis milhões de acidentes de trabalho em 10 anos; saiba mais

Nos últimos 10 anos, o Brasil registrou seis milhões de acidentes de trabalho. Leia mais e veja detalhes sobre os dados.

No último domingo (28), o Dia Nacional em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho foi marcado por reflexões sobre a realidade laboral brasileira. Entre 2012 e 2022, o país testemunhou mais de seis milhões de acidentes de trabalho, revelando uma preocupante situação que demanda atenção urgente. Esses dados alarmantes, divulgados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), destacam a urgência em abordar questões relacionadas à segurança e saúde dos trabalhadores em nosso país.

Apesar da gravidade desses números, a notificação adequada de acidentes e doenças ocupacionais ainda enfrenta obstáculos significativos. Assim, a subnotificação por parte das empresas e trabalhadores compromete a eficácia das políticas públicas voltadas para a saúde laboral. Doenças mentais, muitas vezes desencadeadas pelo ambiente de trabalho, são particularmente negligenciadas nesse processo.

O estigma social e o receio de represálias por parte dos empregadores podem levar os trabalhadores a resistirem em buscar ajuda, agravando ainda mais a situação.

Prevenção e cuidado no trabalho

Para reverter esse cenário preocupante, é crucial que as empresas adotem uma abordagem proativa em relação à segurança e saúde ocupacional. Não basta apenas fornecer Equipamentos de Proteção Individual (EPIs); é fundamental investir em medidas que eliminem ou minimizem os riscos no ambiente de trabalho.

Mão de uma pessoa em cima de uma placa de painel solar, ao fundo um capacete amarelo desfocado trabalaho
Imagem: PeopleImages.com – Yuri A / shutterstock.com

Outrossim, o diálogo aberto com os funcionários, a identificação e correção de condições inseguras e a promoção de uma cultura de prevenção são passos essenciais rumo a ambientes laborais mais seguros e saudáveis.

Impactos sociais e econômicos

Assim, além do custo humano, os acidentes e doenças do trabalho também têm um impacto significativo na economia do país. Entre auxílios-doença, aposentadorias por invalidez e outras despesas relacionadas, o país registrou gastos de mais de R$ 136 bilhões ao longo de uma década. Esses recursos poderiam ser direcionados para investimentos em segurança no trabalho e políticas de prevenção.

Veja também:

Pesquisa aponta que mulheres ocupam cerca de 30% dos cargos de liderança em bancos e fintechs

O Abril Verde não deve ser apenas um mês de conscientização, mas sim um catalisador para ação efetiva. Dessa maneira, é hora de unir esforços entre governos, empregadores, funcionários e sociedade civil para promover ambientes de trabalho mais seguros, saudáveis e dignos.

Imagem: PeopleImages.com – Yuri A / shutterstock.com