Um dos benefícios que o Open Banking promete trazer ao Brasil é a possibilidade de unificar todos os dados financeiros em uma só instituição. Com uma tecnologia proprietária que permite fazer isso desde 2014, o aplicativo Guiabolso resolveu investigar quantas pessoas de fato tem utilizado mais de uma conta corrente ou cartão de crédito. Confira.

É provável que você também goste:

Senado aprova saque de R$ 998 do FGTS, veja quem pode e como sacar

Brasileiro concilia cartão de crédito e conta corrente pra gerenciar as finanças

O resultado é que oito em cada dez (82%) possui mais de um meio pra controlar as finanças, podendo ser:

  • duas ou mais contas correntes de diferentes bancos
  • pelo menos uma conta corrente e um cartão de diferentes bancos
  • ou uma conta e um cartão de um mesmo banco.

O levantamento feito com 3,5 milhões de pessoas de todo o país também revela que as pessoas têm, em média, 3,5 tipos de meios de controle conectados (contas, cartões, e caderneta de poupança). “O Open Banking tende a facilitar a visibilidade dessas milhares de informações que estão espalhadas em muitas plataformas, uma vez que a pessoa poderá reunir tudo em um só ambiente”, avalia o diretor de produto e tecnologia do Guiabolso, Julio Duram.

Do total de usuários com mais de uma forma de controle e/ou de gestão financeira, 69% tem ao menos uma conta e um cartão e 20% é cliente de mais de um banco. Os homens são a maioria no público que está ligado a mais de uma instituição, somando 64% do total de pessoas pesquisadas. Quando uma das instituições é um banco digital, o público masculino é ainda mais fortemente predominante (78%).

Idade e conta corrente em bancos

Em idade, a faixa de 26 a 35 anos é dominante no grupo que tem mais de um banco (47%). “A faixa anterior (18 a 25 anos) vem em seguida, somando 28% das pessoas. O que chama a atenção é que quando estudamos o grupo que tem ao menos um banco digital essa fatia cresce representativamente, para 41%”, diz Duram. “Os jovens de fato têm aderido mais fortemente às soluções digitais”. O app resolveu estudar o grupo que possui ao menos uma conta em banco tradicional e uma digital porque entende que é um movimento natural antes de a pessoa aderir totalmente aos bancos digitais.

Entre as regiões, São Paulo aparece como o Estado de maior público que adere a mais de um banco.

Vale lembrar que uma pesquisa de setembro do Guiabolso revelou que, em média, as pessoas pagaram R$36,35 pra manter suas contas correntes. “Sempre vale a pena verificar se você está utilizando todas os benefícios da conta, como TEDs, DOCs, possibilidade de saques e extratos… Na maioria das vezes, vemos que as pessoas pagam ou contratam um pacote e nem usam ele inteiro”, adverte Duram.

Sobre o Guiabolso

O Guiabolso é um aplicativo personal trainer das finanças que torna mais fácil a maneira como as pessoas lidam com dinheiro e tem acesso a produtos financeiros. O app organiza todas as contas em dois minutos, tudo automático, sem a pessoa ter de anotar os gastos. Além de dar sugestões pro usuário conseguir gastar melhor o dinheiro e guardar mais, a plataforma faz a curadoria de produtos financeiros de acordo com o perfil da pessoa. A missão do Guiabolso é ajudar as pessoas a melhorarem a vida, além de transformar o sistema financeiro. Hoje já conta com 5,6 milhões de histórias. O aplicativo surgiu em 2014 e de lá pra cá já recebeu R$ 215 milhões em cinco rodadas de investimentos.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.