Se você é um privilegiado, jamais teve que passar pelo perrengue de ter o seu nome negativado no SPC e Serasa, ou em outros Bureaus de crédito como a Boa Vista. Mesmo assim, este Bureaus ou birôs de crédito, têm acesso a informações completas sobre você nos seus bancos de dados e podem vendê-las para quem pagar por isso. Saiba mais.

É provável que você também goste:

Com distribuição do lucro, FGTS pode ser mais rentável que a NuConta

Você sabia? Bureaus de crédito como SPC e Serasa vendem os seus dados!

O que é um Bureau de crédito?

O serviço de proteção ao crédito (SPC), ou bureau de crédito, é um serviço de informações de crédito, que utiliza informações de adimplência e inadimplência de pessoas físicas ou jurídicas para fins de decisão sobre crédito.

Todas as empresas que necessitem de informações para a concessão de análise de crédito podem pagar para ter acesso aos seus dados. Dessa forma, bancos, financeiras ou demais empresas que precisem tomar uma decisão sobre a concessão ou não de crédito, precisam conhecer informações sobre os consumidores.

Estas empresas oferecem um portfólio completo de soluções de crédito, utilizando dados sociodemográficos dos consumidores, e ao mesmo tempo, informações do histórico de crédito individual.

Serasa

A Serasa Empreendedor por exemplo, oferece diferentes modalidades de consulta ao CPF. Conheça cada uma delas logo a seguir:

Identificador de Dívidas CPF

A consulta mais barata custa R$ 4,00 e serve apenas como identificador de dívidas. Mesmo assim, a empresa tem acesso a informações como endereço, telefone, data de nascimento, situação do documento na Receita, entre outras.

Consulta Intermediária

A consulta intermediária custa R$ 12,00 e mostra informações mais detalhadas, como:

  • Serasa Score
  • Dívidas em bancos e empresas
  • Dívidas no SPC
  • Cheques
  • Protestos
  • Participação em falências e ações judiciais
  • Documentos roubados
  • Informações cadastrais
  • Telefones e endereços

Consulta Completa

A consulta completa custa R$ 24,00 e mostra informações bem mais detalhadas, como todas que são mostradas na consulta intermediária, acrescentando-se Consultas à Serasa e SPC e Participação em empresas.

Além da divulgação dos dados, a Serasa recomenda qual atitude recomendável a empresa deve adotar na concessão de crédito. Como por exemplo, na pior das hipóteses:

“Este perfil de CPF apresenta 90% de chances de não pagar as suas contas em dia em doze meses.

Para esta negociação considere vender à vista.

Atenção: esta é uma situação de alto risco para vender parcelado, pois apresenta grandes chances de não pagamento ou pagamento com atraso. Vender parcelado exige muito cuidado.”

A venda de dados é legal

Essa venda de dados é legal, pois estas empresas são classificadas como de caráter público, porque exercem uma atividade representativa para gestão do risco de crédito.

Gostou da matéria?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Para acompanhar os artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto das fintechs.