Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

C6 Bank oferece curso de educação financeira para professores

Segundo pesquisa, apenas 21% dos docentes têm preparo bom ou muito bom para lecionar sobre o tema.

0

O C6 Bank vai ensinar educação financeira para mais de 7 mil professores e professoras dos ensinos Fundamental e Médio no país. O objetivo é que o conteúdo gratuito ajude os educadores a organizar suas próprias finanças e a multiplicar o conhecimento em sala de aula, para os estudantes. O projeto foi desenvolvido pelo C6 Institute, braço de impacto social do C6 Bank, em parceria com a Nova Escola, organização de Educação que promove cursos, desenvolve planos de aula e outros materiais educacionais.

É provável que você também goste:

Santander lança feirão para financiar móveis e decoração em até 24x

C6 Bank segue liberando Superlimites no cartão de crédito

C6 Bank registra prejuízo de quase R$ 607 milhões em 2020

Como será o curso?

No dia 13 de abril, o banco vai oferecer uma aula online e ao vivo sobre finanças pessoais nos canais da Nova Escola, com estratégias para que os educadores melhorem sua relação com o dinheiro. A aula será ministrada pelo professor e head de Educação do C6 Bank, Liao Yu Chieh. Depois da apresentação ao vivo, o conteúdo será editado com materiais complementares para integrar o catálogo de cursos da Nova Escola e poderá ser acessado gratuitamente. Além disso, o programa entregará conteúdos e ferramentas exclusivos e gratuitos para apoiar o professor no planejamento e na prática das aulas sobre o tema, por meio de uma edição especial do Nova Escola Box sobre Educação Financeira.

Segundo Alexandra Pain, chefe de marketing e impacto social do C6 Bank, o banco tem entre suas missões disseminar a educação financeira e oferecer ferramentas para que as pessoas tenham uma vida financeira saudável. “Acreditamos que a educação financeira pode transformar uma sociedade e, para que essa mudança aconteça de fato, ela precisa, necessariamente, passar pelas escolas”, afirma. “Ao capacitar professores, conseguimos impulsionar esse conhecimento, fazendo com que ele chegue a crianças e jovens e às suas famílias.”

Conhecimento dos professores sobre educação financeira

Em pesquisa realizada pela Nova Escola com mais de 1.200 pessoas, entre professores, coordenadores e diretores, em março de 2021, apenas 21,1% dos respondentes informaram ter preparo bom ou muito bom para lecionar o tema. O mesmo levantamento apontou que 88,4% dos professores não se lembram de ter estudado Educação Financeira e apenas 27,8% classificam seu conhecimento sobre finanças como bom ou muito bom.

A falta de formação dos professores em Educação Financeira é um dos obstáculos para que as escolas cumpram o que está previsto na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que define as aprendizagens necessárias a serem desenvolvidas por todos os alunos da Educação Básica e que tornou Educação Financeira conteúdo obrigatório no currículo dos ensinos infantil e fundamental de escolas públicas e privadas a partir de 2020.

É o começo de um longo caminho que ainda precisa ser percorrido. No ano passado, pesquisa do C6Bank/Ibope mostrou que apenas 21% dos entrevistados tiveram acesso a conceitos de finanças pessoais quando eram pequenos. O Brasil é o 4º pior país em competência financeira de jovens, segundo dados da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Os estudantes brasileiros não conseguem, por exemplo, interpretar documentos financeiros cotidianos ou reconhecer o valor de uma despesa.

Para mudar esse cenário, diz o professor Liao Yu Chieh, os professores precisam entender na prática os benefícios da educação financeira e como ela pode se converter em qualidade de vida, bem-estar, autonomia e liberdade. “Só assim se sentirão motivados a multiplicar esse conhecimento em sala de aula”, diz Liao. “Da mesma forma que seria estranho um professor sedentário ensinar às crianças a importância de se praticar atividades físicas, um professor que não consegue gerir o seu dinheiro, está endividado ou negativado, terá dificuldades de ensinar educação financeira.”

Educação financeira como missão  

Desde o seu lançamento, em 2019, o C6 Bank já desenvolveu uma série de iniciativas com o intuito de ajudar as pessoas a alcançarem a inteligência financeira. Além de distribuir conteúdo gratuitamente em diversos formatos e plataformas, o banco também aposta na realização de workshops e cursos para levar informação de qualidade à população.

Em maio, o banco vai lançar sua maior ação de educação financeira, o programa Sua Vida Financeira com Prof. Liao na GloboNews. A série será exibida semanalmente, às quintas-feiras, nos intervalos do Jornal das Dez, e apresentada pelo head de educação do C6 Bank, Liao Yu Chieh.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitter, Instagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Escola foto criado por freepik 

Comentários
Carregando...