Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Caiu na malha fina do Imposto de Renda? Saiba como regularizar sua situação

Caiu na malha fina do Imposto de Renda? Saiba o que fazer para regularizar sua situação e receber seu dinheiro o mais rápido possível

Quando o tema é Imposto de Renda, muitos contribuintes preocupam-se excessivamente com a malha fina. No entanto, com informações corretas e preparação adequada, essa preocupação pode ser minimizada. Neste artigo, vamos explorar o que é malha fina, como evitá-la e o que fazer se você acabar lá.

Em síntese, a malha fina é uma revisão realizada pela Receita Federal para verificar inconsistências na Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (DIRPF). Assim, se a sua declaração é selecionada para revisão, pode ser por diversos motivos, como erros de preenchimento ou omissão de rendimentos.

Como descobrir se você está na malha fina

Portanto, se a Receita Federal identificar problemas na sua declaração, ela enviará uma notificação. Assim, para verificar sua situação, você pode acessar o portal e-CAC por meio do gov.br. Lá, você encontrará a seção “Pendências de Malha”, onde é possível verificar se há algo que precise de sua atenção.

Contudo, ao descobrir que sua declaração caiu na malha fina não há motivo para pânico. Basta seguir os passos abaixo:

  • Verificar as pendências indicadas no portal e-CAC;
  • Preparar a documentação necessária para comprovar as informações contestadas pela Receita Federal;
  • Enviar uma declaração retificadora caso haja a identificação de algum erro da sua parte. Todavia, se sua declaração estiver correta, você pode optar por aguardar a intimação para então apresentar sua documentação.

Assim, se sua declaração passou por correção e as pendências resolvidas, o tempo para sair da malha fina pode variar. A Receita Federal tem até cinco anos para analisar declarações, mas geralmente o processo é mais rápido. Então, se tudo estiver conforme as normas, haverá a liberação da restituição nos lotes subsequentes ao final da revisão.

Leão símbolo do Imposto de Renda ao lado de notas de 50 e 100 reais adicionadas à imagem via edição.
Imagem: SteffenTravel / Shutterstock.com

Multa por atraso na correção

No entanto, caso você demore para corrigir as pendências em seu Imposto de Renda ou não atenda às convocações da Receita Federal, poderá receber multas que variam de acordo com o tempo de atraso e a natureza do erro.

Veja também:

Aposentadoria Especial do INSS; confira as regras e se tem direito

Enfim, gerenciar sua declaração de Imposto de Renda com atenção e responsabilidade é crucial para evitar problemas com a malha fina. Dessa forma, mantenha-se organizado, guarde documentações e não deixe para fazer sua declaração na última hora. Assim, você se mantém em dia com suas obrigações fiscais e evita dores de cabeça futuras.

Imagem: SteffenTravel / Shutterstock.com