Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Caixa fará pagamentos de até R$ 11.850 para brasileiros; saiba se você pode receber

A Caixa Econômica Federal repassa um importante valor a muitos brasileiros nesta quarta-feira (20). Saiba mais!

Nesta quarta-feira (20), a Caixa Econômica Federal está realizando o pagamento de um importante benefício. Trata-se do pagamento da Participação nos Lucros e/ou Resultados (PLR) aos funcionários da instituição financeira.

A data desse pagamento, que contempla 85.901 empregados do banco, sofreu adiantamento através de uma reunião entre a Comissão Executiva dos Empregados (CEE) e a Caixa. Saiba mais informações a seguir.

Caixa paga PLR aos seus funcionários nesta quarta-feira

Placa em frente ao prédio da Caixa Econômica exibindo a logo da instituição
Imagem: SERGIO V S RANGEL / Shutterstock.com

A informação do adiantamento desse benefício é da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). A instituição financeira pagará, em média, R$ 8.327,00 aos seus colaboradores. Os valores, portanto, dependem do cargo que cada um exerce na Caixa.

Ainda, a Secretaria de Coordenação das Estatais (Sest) permitiu a elevação do limite dos dividendos para a distribuição, de 25% para 75%.

Logo, a Sest permitiu que a Caixa distribuísse 54% do limite do lucro autorizado para o pagamento da PLR. Os cargos de Superintendente Nacional, Gerente Nacional e Gerente Executivo, por exemplo, receberão R$ 11.849,74 de adiantamento cada.

O que é a Participação no Lucro dos Resultados?

Têm direito a esse benefício aqueles que trabalham com carteira assinada. Os resultados da empresa são determinantes para se chegar ao valor do pagamento. Ainda, a empresa pode optar em fazer esse repasse através de uma única parcela ou em até duas.

Veja também:

Definido se o Brasil terá horário de verão ou não em 2023? Saiba mais

As companhias, contudo, não são obrigadas a oferecer esse benefício. Logo, trata-se mais de um bônus da empresa aos seus funcionários do que uma obrigação trabalhista. O valor também não é definido entre elas. Assim, cabe a realização de uma convenção coletiva ou consultar o sindicato da categoria para chegar a um acordo sobre a quantia.

Por fim, o tempo de contrato não influencia no recebimento da PLR, então, até mesmo trabalhadores temporários têm o direito de receber o valor.

Imagem: SERGIO V S RANGEL / Shutterstock.com