Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Caixa lança financiamento imobiliário corrigido pela poupança. Será que vale a pena?

Saiba mais sobre essa nova modalidade e veja se ela funciona para você.

0

A Caixa Econômica Federal anunciou na quinta-feira (25) uma nova modalidade de financiamento imobiliário. Trata-se de um financiamento corrigido pelo rendimento da poupança, com uma taxa fixa que varia de 3,35% a 3,99% ao ano (a depender do perfil do cliente), mais a Taxa Referencial, que hoje está zerada. Dessa forma, os usuários poderão solicitar essa nova opção já a partir da próxima segunda-feira (1º). Além disso, a contratação da nova linha de crédito pode ser feita para compra de imóveis novos e usados, construção e reforma.

Importante destacar que sempre que a taxa Selic é igual ou menor que 8,5% ao ano, o rendimento da poupança é equivalente a 70% da Selic mais a variação da Taxa Referencial. E o que isso quer dizer? Bem, que com o valor atual da taxa básica de juros, de 2% ao ano, o rendimento da caderneta está em 1,4% ao ano. Entretanto, se a Selic estivesse acima de 8,5% ao ano, a remuneração passaria a ser de 0,5% ao mês (ou 6,17% ao ano).

É provável que você também goste:

Dados de cartões de crédito de brasileiros são oferecidos na web por US$ 50 mil

Méliuz vai dar o triplo de cashback no dia 26 de fevereiro

Ganhe até R$ 600 em cashback com cartões Trigg indicando para os amigos

Caixa lança financiamento imobiliário corrigido pela poupança

Atualmente, o banco conta outras três opções além dessa nova. Uma delas é o financiamento corrigido pela Taxa Referencial (hoje zerada) mais uma taxa fixa, que parte de 6,25% ao ano. Outra opção é a partir da correção pelo IPCA, mais uma taxa fixa, que parte de 2,95% ao ano. Por fim, há a terceira alternativa, que possui uma taxa fixa que parte de 8% ao ano.

Lembrando que a Caixa é o segundo grande banco a anunciar a modalidade corrigida pela poupança. Isso porque, em setembro de 2020, o Itaú apresentou uma opção nesse formato para pessoas físicas. O anúncio foi feito após o banco lançar, em abril, a opção indexada à poupança para incorporadoras. Porém, fica a dúvida: será que esse tipo de empréstimo realmente vale a pena? É o que veremos a seguir.

Saiba mais sobre essa nova modalidade

Em primeiro lugar, é preciso entender um pouco melhor como vai funcionar o empréstimo. Os interessados poderão financiar até 80% do valor do imóvel (com entrada mínima de 20%). Além disso, o prazo para pagamento é de até 35 anos. Assim, o crédito usa o Sistema de Amortização Constante (SAC), cujas parcelas vão diminuindo com o passar do tempo. Mas também há opção de usar o modelo Price, cujas parcelas são fixas.

É legal falar que não só correntistas da Caixa terão acesso à modalidade, mas também clientes de financiamento de outros bancos. Com isso, o banco federal vai aceitar a portabilidade de crédito para a nova modalidade.

Afinal, vale a pena financiar pela Caixa?

Por fim, vamos resposta a pergunta acima. Será que realmente vale a pena investir nessa nova linha de financiamento? Bem, a verdade é que essa nova modalidade da Caixa cobra juros abaixo do que se observa nos concorrentes de mercado hoje; principalmente pelo fato de a Selic estar no menor patamar de sua história. O Itaú, por exemplo, único banco que oferece a modalidade, cobra a correção pela poupança mais uma taxa que parte de 5,39% ao ano. No caso da Caixa, ela parte de 4,75%.

Porém, é preciso que cada cliente avalie sua situação e o orçamento disponível conforme seu momento. Isso porque, apesar de ter uma taxa fixa, assim como acontece no financiamento atrelado ao IPCA, a opção indexada à poupança também conta. Ou seja, ela tem uma taxa flutuante. Dessa forma, à medida em que os juros aumentarem, a remuneração da poupança vai acompanhar o movimento e o valor do financiamento pode subir. Portanto, a melhor opção é conversar com um gerente e avaliar a sua situação.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: rafastockbr/shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar