Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Calendário do PIS: confira as datas dos pagamentos

A expectativa é que cerca de 23 milhões de trabalhadores recebam o abono salarial.

0

Mesmo depois de adiado em julho pelo CODEFAT (Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador), o Governo Federal finalmente confirmou informações sobre o pagamento do PIS/Pasep. 

O abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) de 2020 foi adiado para o ano que vem. O valor do benefício pode chegar até um salário mínimo e varia de acordo com o tempo trabalhado. 

É provável que você também goste:

Atenção: Bradesco fazendo upgrade nos cartões Visa para todos os clientes

Nubank fecha parceria com Shopee, Xbox, PlayStation e amplia seção shopping

Governo define o novo valor do salário mínimo para 2022

Confira se você já vai poder sacar o PIS/Pasep em janeiro de 2022

A expectativa é que o PIS/Pasep seja pago com base no mês de aniversário dos trabalhadores, tendo em vista que os pagamentos ocorrerão entre janeiro e dezembro, podendo se estender até o primeiro semestre de 2023.

Como calcular o PIS/Pasep?

Atualmente, o valor previsto para o PIS/Pasep é de R$ 1.100 (um salário mínimo). No entanto, é preciso levar em consideração a forma como esta quantia é calculada. 

Com base na alta de 10,04% do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), o Ministério da Economia prevê um aumento no salário mínimo em 2022. Assim, o piso salarial pode chegar até R$ 1.210. 

Portanto, para o trabalhador ter uma noção de quanto receberá de abono, basta dividir esses R$ 1.210 por 12 (referente aos meses do ano) e multiplicar pela quantidade de meses trabalhados em 2020 e 2021.

Saiba quem tem direito ao benefício

Por conta do adiamento de pagamento do PIS/Pasep, os trabalhadores terão a oportunidade de receber os valores de forma cumulativa. Sendo assim, é necessário cumprir os requisitos abaixo:

  1. Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos 5 anos;
  2. Ter recebido em média de até dois salários mínimos;
  3. Ter trabalhado ao menos 30 dias de carteira assinada no ano anterior;
  4. A empresa para qual trabalhou precisa ter informados seus dados corretamente no RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

Para saber se você tem direito de receber o abono salarial, é possível consultar das seguintes formas:

Trabalhadores de empresa privada (PIS)

  • Acessando ao aplicativo Caixa Trabalhador;
  • No site da Caixa, clique em “Consultar pagamento”;
  • Pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207.

Servidores públicos (Pasep)

  • Pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas); 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Onde sacar o abono salarial PIS/Pasep 

Caso seja funcionário de empresa privada e possua o Cartão Cidadão, o saque pode ser realizado nos terminais de autoatendimento, lotéricas e correspondentes. Será necessário gerar um token no app Caixa Tem ou numa agência próxima para validar a transação. 

Aqueles que são correntistas individuais da Caixa terão seu benefício depositado diretamente na conta corrente apenas se houver movimentação acima de R$ 1.

Para os servidores públicos, o saque é feito nas agências do Banco do Brasil apresentando documento de identificação. Correntistas da instituição receberão o dinheiro diretamente na conta. 

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafapress / shutterstock.com. Edição: Seu Crédito Digital

 

Comentários do Facebook

- Publicidade -