Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Como montar uma carteira de investimento para iniciantes?

Veja as principais dicas para iniciar hoje os seus investimentos.

0

Quando alguém começa a investir, é normal passar a pesquisar sobre os principais produtos financeiros, e qual deles faz mais sentido para sua realidade. Mas, para ter sucesso investimento a longo prazo, uma das melhores soluções é construir uma carteira de investimentos. Então, se você ainda não entende muito do assunto, este artigo vai ensinar rapidamente como montar uma boa carteira de investimento para iniciantes. Portanto, para saber mais, confira a seguir!

É provável que você também goste:

O que é CDI e quanto ele rende do seu dinheiro?

Ao retirar o dinheiro investido na XP, você perde o cartão XP Infinite?

Quanto precisa investir para abrir uma franquia do Burger King?

Carteira de investimentos para iniciantes: principais dicas

Dessa forma, uma carteira de investimentos é o conjunto de aplicações realizadas ou de ativos mantidos por uma pessoa. E você pode criar sua carteira com diferentes tipos de investimentos, como títulos públicos, CDBs, LCIs e LCAs, ações, entre outros. Mas cada carteira possui um tipo de composição. Assim, o conjunto ideal de ativos para uma pessoa pode ser completamente diferente do que vale para outra.

Portanto, na hora de criar sua carteira de investimentos, é preciso entender o que faz mais sentido para o seu caso. Contudo, em geral, uma boa carteira de investimentos é aquela que satisfaz as expectativas de rentabilidade e de prazo do investidor, sempre de acordo com sua tolerância ao risco.

Com isso, a primeira coisa a se considerar é a diversificação na carteira. Isso é importante para evitar grandes perdas ou prejuízos de uma só vez. Isso significa buscar aplicações que não se movimentem todos sempre na mesma direção.

Como iniciar a montagem da sua carteira de investimentos

Então, para montar sua carteira de investimentos do zero, é preciso antes conhecer seu perfil de investidor. Quanto mais arriscado, rendimentos maiores podem vir. Entretanto, nem sempre o risco é bem-vindo.

O segundo passo é definir os objetivos para seu dinheiro e adequar sua carteira a isso. Economizar dinheiro para uma viagem ou para comprar a casa própria requer estratégias diferentes, por exemplo. Dentro de sua carteira, é obrigatório uma reserva de emergência antes. Isso dará mais segurança a você, e mais margem para arriscar novos caminhos.

Por fim, vale lembrar que uma carteira de investimentos diversificada deve contar com a presença tanto de aplicações de renda fixa quanto de renda variável. Elas se complementam e permitem adequar as aplicações às metas de cada investidor. Uma sugestão para iniciantes é pesquisar carteiras de investimentos prontas, disponibilizadas por corretoras. Mas, é sua responsabilidade garantir que seu dinheiro acabe rendendo de acordo com o que você deseja.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitchInstagram. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de créditoempréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Freedomz / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar