Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Banco Itaú começa a cobrar taxa em transferências Pix

O Banco Itaú não é o único que cobra taxas por Pix

0

O banco Itaú está cobrando taxas para transferências na modalidade Pix de pessoas jurídicas que podem chegar a R$ 9,60.

De acordo com a Tabela Geral de Tarifas – Empresas, a prática está vigente desde o dia 01/02/2021 e os dados das taxas do Pix podem ser encontrados na sexta página.

É provável que você também goste:

Conheça 4 tipos de golpes com Pix e saiba como evitá-los

Nubank começa a enviar números da sorte para terceiro sorteio da promo “Tem WOW nesse Pix”

Como funciona esta taxa?

A taxa Pix representa 1,45% do valor pago, tendo o valor mínimo de R$ 1,75 e o máximo de R$ 9,60. Em uma transferência via Pix de R$ 217,74 por exemplo, haverá uma cobrança de R$ 3,04 como taxa do pagamento.

Vale lembrar que o Pix, como via de regra, pode cobrar tarifas de Pessoas Jurídicas.

Entenda como funciona as taxa em transferências Pix para empresas

O Pix é gratuito nas transações bancárias realizadas por pessoas físicas, porém, quando se trata de pessoas jurídicas é possível que seja cobrada alguma taxa de uso do serviço. Essa taxa é consideravelmente menor que nas outras modalidades, o motivo disso é porque o custo para os bancos que operam o PIX é baixo. O Banco Central cobra R$ 0,01 a cada dez transferências realizadas.

A cobrança das taxas em Pix pode ou não ocorrer, de acordo com a estratégia que a instituição bancária vai realizar. Graças a isso, o empresário tem mais um ponto para se atentar na hora de escolher o banco de sua empresa.

Posicionamento oficial do Itaú Unibanco

Depois da publicação desta matéria, o Itaú Unibanco enviou o seu posicionamento oficial para nossa redação. Confira logo a seguir.

“O Itaú Unibanco não cobra tarifa para transações via Pix de pessoas físicas. Para empresas, o valor das transações varia de acordo com o montante da operação e depende do perfil do cliente, seu segmento e relacionamento com o banco – sendo uma opção de custo menor que das transações de pagamentos e recebimentos atuais – de acordo com práticas do mercado. Clientes Itaú Empresas já foram informados sobre as condições, e atualmente, aqueles que possuem pacotes de conta corrente com o banco têm isenção de tarifas para a realização de operações via Pix.”

Enfim, gostou da matéria sobre o abono salarial?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...