Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Como aumentar o valor do BPC? Confira

Para muitos brasileiros que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), a possibilidade de aumentar a renda mensal é uma oportunidade que merece atenção. Além do suporte do BPC, há outros programas assistenciais que podem ser acumulados, visando reduzir custos e melhorar a qualidade de vida dos beneficiários.

Em síntese, o BPC destina-se a idosos acima de 65 anos e pessoas com deficiência de qualquer idade, que vivam em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Para se beneficiar do BPC, um dos requisitos é ter inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Quais benefícios podem ser acumulados com o BPC

Portanto, os titulares do BPC podem gozar de diversos outros auxílios, dependentes das condições estabelecidas para cada programa. Vejamos alguns dos benefícios mais relevantes:

  • Bolsa Família: Este programa visa reduzir a pobreza através de transferências de renda às famílias que se encontram em condições de pobreza e extrema pobreza. Caso a renda per capita da família do titular do BPC não ultrapasse R$ 218, é possível acumular ambos os benefícios;
  • Tarifa Social: Oferece um desconto de até 65% na conta de luz, desde que a conta esteja no nome do titular do BPC ou de um membro familiar menor de idade, igualmente inscrito no CadÚnico.
Logo do BPC INSS
Imagem: Reprodução / BPC

Outras opções de benefícios

Além disso, para aqueles que buscam formas adicionais de incrementar a renda, existem programas como o Auxílio-Inclusão e o Pé-de-Meia. A acessibilidade a esses benefícios abre portas para uma vida mais estável e segura, especialmente para pessoas com deficiência.

Assim, o Auxílio-Inclusão contempla pessoas com deficiência empregadas com carteira assinada, cujo salário não exceda dois salários mínimos. Esse auxílio permite que a pessoa mantenha uma parte do apoio financeiro, mesmo estando empregada, garantindo meio salário mínimo adicional.

Veja também:

Pagamento do BPC: saiba qual é o critério que o INSS utiliza para liberar o benefício

Já o programa Pé-de-Meia, por outro lado, foca na assistência a estudantes com deficiência no ensino médio. Essa iniciativa fornece R$ 200 mensais ao estudante e um bônus de R$ 1 mil ao final do ano. Tais auxílios são cruciais para apoiar a educação e desenvolvimento pessoal dos jovens beneficiários.

Imagem: Reprodução / BPC