Auxílio Emergencial: como liberar a conta bloqueada no Caixa Tem

Por motivo de suspeita de fraudes no pagamento do Auxílio Emergencial, a Caixa Econômica Federal (CEF) bloqueou centenas de milhares de contas sociais digitais do banco, movimentadas pelo Caixa Tem e usadas para o crédito do benefício e de outros benefícios, como o FGTS. Se você está nessa situação, saiba o que precisa fazer para liberar a conta bloqueada no Caixa Tem.

É provável que você também goste:

10 coisas que ainda faltam no Nubank e que você gostaria muito que tivesse

Caixa amplia pausa estendida nos financiamentos para 180 dias, mas não é automático

Mais da metade dos brasileiros não consegue pagar todas as despesas com auxílio emergencial

Auxílio Emergencial: como liberar a conta bloqueada no Caixa Tem

De acordo com Pedro Guimarães, o presidente da CEF, a maioria das contas bloqueadas foram utilizadas por hackers, que se aproveitaram da liberação para utilizar um mesmo dispositivo para cadastrar vários pedidos do Auxílio Emergencial. Entretanto, ele ressaltou que pessoas honestas também foram prejudicadas pela medida de bloqueio.

O Ministério da Cidadania também informou que 1.303.127 milhão de CPFs foram enviados à Caixa para para bloqueio e realização de uma verificação detalhada por suspeita de fraudes. Todavia, não é possível ainda afirmar que esses CPFs sejam considerados cancelados ou inelegíveis para receber o benefício.

Como liberar a conta bloqueada no Caixa Tem

Para liberar uma conta bloqueada no Caixa Tem, você precisa atentar a duas situações específicas: suspeita de fraude ou por documentação pendente. Para cada uma delas, o procedimento para o desbloqueio é diferente. Confira logo a seguir.

1) Bloqueio do Caixa Tem por suspeita de fraude

Trata-se dos trabalhadores que tiveram as contas suspensas e receberam no aplicativo Caixa Tem a mensagem “É necessário regularizar o seu Acesso.

Neste caso, procure uma agência, de acordo com o seu calendário de recebimento”, devem seguir as datas de crédito do dinheiro em conta e procurar a agência para comprovar sua identidade. São essas as pessoas cujas contas estão sob suspeita de fraude.

2) Suspensão do Caixa Tem por documentação pendente

O banco também bloqueou o acesso de contas por inconsistências de documentação, que podem ser resolvidas pelo próprio app Caixa Tem. Portanto, esse grupo não precisa ir pessoalmente à agência e pode resolver pelo aplicativo.

É preciso fazer um novo acesso ao Caixa Tem e enviar o restante da documentação pedida. No menu “Liberar Acesso”, o beneficiário receberá uma mensagem dizendo “Para finalizar a validação do seu cadastro, vamos precisar que envie seus documentos pelo WhatsApp”. Em seguida, um outra diz “Para iniciar a conversa, clique no link abaixo e mande a palavra CADASTRO”.

O link deve redirecionar para uma janela do WhatsApp, em que os documentos pendentes serão pedidos. “Fundamental que isso [mensagem com o link] só vale para o aplicativo do Caixa Tem. Nenhum outro aplicativo tem validade”, reforça Guimarães.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Brenda Rocha via shutterstock

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais