Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Como limpar CPF negativado; confira

0

Quem está com o CPF negativado é impedido de fazer diversas coisas, como ter um cartão de crédito, fazer compras a prazo, pedir empréstimos em banco, entre outras coisas da vida econômica.

Primeiramente, para saber se realmente seu CPF está negativado é necessário consultar o cadastro de empresas especializadas nesse serviço, como SCPC – Boa Vista, Serasa e SPC Brasil, que registram a inadimplência dos consumidores. Sendo que essas instituições são contratadas como consultoras por empresas que repassam os dados dos clientes inadimplentes, formando um banco de dados.

“No momento em que alguma empresa for conceder um crédito, ela faz consulta ao CPF e verifica o histórico do consumidor nos últimos cinco anos. Quanto mais dívidas ele tiver no histórico, pior pagador ele é classificado e menos crédito no mercado vai conseguir”, explicou a gerente da Serasa, Aline Maciel à Agência Brasil.

As empresas que contratam o serviço dessas instituições podem consultar o CPF de qualquer pessoa, contudo, o consumidor pode verificar apenas a sua situação através das plataformas disponíveis.

É provável que você também goste:

Serasa e SPC ligam ou enviam e-mail para informar que seu nome está com restrição?

Empréstimo para negativados da Caixa tem 1,5 milhões de propostas no 1º dia

Como saber se estou com o CPF negativado?

Para o cidadão saber se seu CPF está negativado ele precisa efetuar um registro preenchendo o nome completo e a data de nascimento e assim gerar um login e uma senha.

Além da Serasa, é possível consultar gratuitamente também no Serviço de Proteção ao Crédito (SCPC), que é gerido pela Boa Vista. Já no SPC Brasil, o serviço é pago.

Na plataforma, o consumidor poderá saber se é considerado um bom ou mau pagador através do score e também negociar a dívida com mediação da empresa de consulta de crédito.

Para ter o CPF negativado, o período de inadimplência varia de acordo com o estado, em São Paulo, por exemplo, são 20 dias, mas em outros estados esse prazo é menor, sendo dez dias.

Nessas plataformas, as dívidas que estão negativando seu CPF podem ser consultadas, quitadas ou parceladas.

A Serasa, tem um cadastro com cerca de 65 milhões de CPFs inadimplentes, totalizando mais de 200 milhões de dívidas.

Maciel explica que após cinco anos, ocorre a prescrição da negativação do CPF.

“Aquela dívida não restringe mais o crédito do consumidor, mas ele continua devendo”, esclareceu Maciel.

No cadastro da Serasa, por exemplo, o consumidor, mesmo tendo saído da restrição de crédito, pode consultar as dívidas e negociá-las, explica a gerente do Serasa. 

Aline Maciel ainda chama a atenção para os riscos de fraude por meio de boletos falsos para negociação de dívidas. 

“Os fraudadores acionam as pessoas pelo WhatsApp, dão uma condição super baixa, e as pessoas que já estão devendo acabam pagando esses boletos fraudulentos. O consumidor deve olhar o boleto para ter certeza que ele é verdadeiro”, afirma. 

A gerente ainda instrui que o cidadão acesse as plataformas ou as empresas onde ele contraiu a dívida para confirmar a oferta de negociação.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Instagram, e Twitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

imagem: Brenda Rocha – Blossom / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar