Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Conheça o empréstimo com garantia de celular

0

Existem diversas modalidades de crédito, uma delas é o empréstimo com garantia de celular, que possibilita a contratação até mesmo para quem está com o nome negativado em órgãos de proteção ao crédito, como SPC, Boa Vista e Serasa.

É provável que você também goste:

Quando vai sair o empréstimo do Auxílio Brasil?

Você pode ter direito a empréstimo de R$ 3 mil da Caixa e nem sabe

Como funciona o empréstimo com garantia de celular?

Essa modalidade funciona da mesma forma que outros contratos com garantia. E, caso haja um atraso em muitas parcelas, a instituição financeira poderá tomar medidas rigorosas.

No empréstimo com garantia de celular, o consumidor coloca o seu smartphone à disposição da empresa onde foi contratado o empréstimo, caso haja inadimplência no pagamento das parcelas. Uma das garantias usadas pelo banco é a instalação de um aplicativo da empresa no smartphone do contratante.

Com o aplicativo instalado, a instituição financeira consegue bloquear o aparelho em caso de alguma inadimplência. Esse procedimento assegura às empresas que oferecem este tipo de empréstimo, que o consumidor irá realizar o pagamento.

É importante ressaltar que, ainda que o aparelho venha a ser bloqueado, os dados pessoais e mensagens do contratante ficam protegidos, pois não há acesso da empresa ao smartphone em si.

Empresas que fazem empréstimo com garantia de celular

As duas principais instituições financeiras que possibilitam o empréstimo com garantia de celular, são:

  • Bom pra Crédito – a instituição oferece empréstimo pessoal online com juros a partir de 0,75% a.m., com taxa de acordo com o perfil do cliente. Pessoas sem comprovante de renda ou negativadas também estão aptas a fazer um empréstimo em seu site;
  • SuperSim – o carro-chefe da instituição é o empréstimo com garantia do celular, na qual, caso o cliente deixe de pagar sua dívida, seu aparelho ficará bloqueado, podendo receber apenas chamadas telefônicas de emergência. A taxa de juros varia entre 12,9% a.m e 17,5% a.m e pode-se parcelar em 12 vezes, inclusive pessoas negativadas.

Em ambas as instituições, a negociação é feita totalmente online, por meio do site ou aplicativo das empresas

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, InstagramTwitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Andrzej Rostek / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar