Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Contribuição ao INSS vai mudar. Saiba quanto vão descontar do seu salário!

0

O reajuste da aposentadoria do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), afeta não só os inativos, mas os ativos também, já que os trabalhadores com carteira assinada contribuem mensalmente à previdência.

 

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) que determina o reajuste é de 10,16% e a contribuição ao INSS será conforme o valor recebido pelo trabalhador.

 

Os novos valores, que são correspondentes a janeiro, passarão a ser recolhidos em fevereiro.

 

A Reforma da Previdência de 2019, ocasionou várias mudanças, entre elas as alíquotas de contribuição cobrada do trabalhador, que passaram a ser progressivas, dessa forma, é cobrada somente sobre parte do salário que se enquadrar em cada faixa. Logo, se o trabalhador recebe mais do que um salário mínimo, ele pagará 7,5% de contribuição sobre R$ 1.212,00 e outros percentuais no valor excedente. Vejamos a tabela:

 

Alíquota de Contribuição – 2021Alíquota de Contribuição – 2022
Até 1 salário mínimo (R$ 1.100,00) – 7,5%Até 1 salário mínimo (R$ 1.212,00) – 7,5%
De R$ 1.100,01 a R$ 2.203,48 – 9%De R$ 1.212,01 a R$ 2.427,35 – 9%
De R$ 2.203,49 a R$ 3.305,22 – 12%De R$ 2.427,36 a R$ 3.641,03 – 12%
De R$ 3.305,23 a R$ 6.433,57 – 14%De R$ 3.641,04 a R$ 7.087,22 – 14%

Exemplo de pagamento de contribuição ao INSS com o reajuste

Um trabalhador que tenha o salário no valor de R$ 1.800,00 pagará 7,5% sobre R$ 1.212,00 que dá R$ 90,90 e pagará 9% sobre o valor excedente de R$588,00 que dá R$ 52,90. Portanto, ele contribuirá com um total de R$ 143,82.

 

Mas para quem ganha R$ 5.200,00 o cálculo é feito com mais alíquotas, sendo elas:

    • 7,5% sobre R$ 1.212,00 = R$ 90,90
    • 9% sobre R$ 1.215,35, que é a diferença de R$ 2.427,35 de R$ 1.212,00: R$109,38
    • 12% sobre R$ 1.213,68, que é a diferença de R$ 3.641,03 de R$ 2.427,35: R$ 145,64
    • 14% sobre R$ 1.558,97, que é a diferença de R$ 4.500,00 de R$ 3.641,03: R$ 218,26
  • Total de contribuição ao INSS: R$ 564,18

Aqueles que recebem acima de R$ 7.087,22 irão pagar a contribuição de até R$ 828,39, sendo R$ 76,40 a mais em relação a 2021 (R$ 751,99). Devido a contribuição ser limitada ao teto da Previdência Social.

Como fica a contribuição do INSS dos contribuintes individuais e facultativos em 2022?

As alíquotas para essas modalidades são diferentes, então, o contribuinte deve estar atento:

Contribuinte individual

O contribuinte individual exerce atividade remunerada e assume o risco da atividade, portanto, sua contribuição é obrigatória.

  • Contribuição de 20% (Código GPS 1007) — R$ 242,40
  • Contribuição de 11% (Código GPS 1163) — R$ 133,32

Contribuinte facultativo

Já o contribuinte facultativo é aquele que não exerce atividade remunerada, mas deseja ter acesso aos direitos previdenciários.

  • Contribuição de 20% (Código GPS 1406) — R$ 242,40
  • Contribuição  de 11% (Código GPS 1473) — R$ 133,32
  • Contribuição Baixa Renda de 5% (1929) — R$ 60,60

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então, siga-nos no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o  Facebook, Twitter, Instagram, e Twitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar