Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Cooperativas de crédito crescem e já são 10,74% do mercado

Entenda o motivo do sucesso das cooperativas de crédito no Brasil.

0

Enquanto os bancões se preocupam com as fintechs, há outro tipo de instituição financeira que cresce silenciosamente no mercado de crédito: as cooperativas de crédito. Em suma, as cooperativas já representam 10,74% do estoque de empréstimos e financiamentos do Brasil. E assim, se fosse um banco, as cooperativas seriam o 6º maior do Brasil em tamanho de carteira, logo atrás do Santander.

Crédito Rotativo: veja quais bancos e fintechs tiveram as maiores taxas de juros no último mês

Cooperativas de crédito crescem e já são 10,74% do mercado

Um dos modelos de instituição financeira mais antigos do Brasil, o cooperativismo de crédito sem dúvida tem ganhado muita força. Ele foi embalado pelas mudanças regulatórias, por um empurrão do Banco Central e pela pandemia. Além disso, as cooperativas se transformaram no período ao abraçar a digitalização.

Atualmente, o Brasil tem 833 cooperativas, 34 centrais e 4 confederações (Sicoob, Sicredi, Unicred e Cresol). O conjunto tem quase 13,5 milhões de clientes e 7,5 mil agências. E assim, enquanto os bancos fecham os pontos de atendimento como forma de cortar os gastos, as cooperativas estão crescendo a sua base.

O Sicoob tem 3.563 agências e fica atrás apenas do Banco do Brasil (3.987). O plano do Sicoob é abrir outras 117 agências até o fim de 2021 e avançar nos grandes centros. O Sicredi, com 2.081, fica em 7º lugar. Entretanto, ele quer colocar em funcionamento mais 75 pontos de atendimento físico.

Embora seja contraintuitivo em tempos de digitalização, a rede de agências é um das coisas que faz as cooperativas crescerem. Afinal, os pontos de atendimento favorecem a proximidade com os cooperados.

De acordo com Adriano Ricci, diretor executivo do FGCoop, as cooperativas não buscam gerar lucro: o dinheiro ganho se chama “sobras” e é repartido entre os associados. E isso atrai as pessoas nos períodos de crise. “A concessão de crédito demanda muito capital e nos últimos anos as cooperativas se prepararam muito para isso. Tivemos mais de 80 incorporações nos últimos dois anos e estamos há mais de três anos sem nenhuma liquidação de cooperativa”.

Enfim, quer saber mais sobre tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal  do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Dasayev Diogo / Shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.