Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Corra, MEI! Prazo de entrega da declaração DASN-SIMEI se encerra em breve

O prazo final de entrega da DASN-SIMEI para os Microempreendedores Individuais (MEI). Não perca o prazo e mantenha seu negócio!

Faltam apenas 10 dias para o prazo final de entrega da Declaração Anual de Faturamento do Simples Nacional (DASN-SIMEI) para os Microempreendedores Individuais (MEI).

Este é um compromisso fiscal que não deve ser negligenciado, já que é essencial para manter o negócio em conformidade com as regulamentações fiscais. Por isso, entenda a importância da Declaração Anual para MEIs e como realizá-la!

Por que a declaração anual é crucial para MEIs?

Quadradinhos de madeira com as letras "m", "e" e "i", formando a sigla MEI - Microempreendedor Individual MEIs
Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com

A não entrega da declaração pode resultar em multas significativas e complicações fiscais. Essencialmente, o documento serve para informar à Receita Federal o total das receitas brutas obtidas no ano anterior.

A multa para aqueles que não cumprirem o prazo começa em R$ 50, podendo aumentar para até 20% do valor devido em impostos não pagos.

Além das multas, a falta de declaração pode levar ao status de irregularidade do CNPJ, complicando transações financeiras como obtenção de crédito em instituições bancárias.

Qual é o limite de faturamento para MEIs em 2023?

Para este ano, o limite de faturamento permitido é de R$ 81.000, calculado proporcionalmente ao tempo que o negócio permaneceu ativo.

Por exemplo, um MEI que iniciou suas atividades em maio de 2023 terá um limite de faturamento proporcional de R$ 54.000 até o fim do ano.

Lista detalhada: passo a passo para a declaração

  • Acesse o Portal do Empreendedor;
  • Escolha a opção “Declaração Anual de Faturamento – Dasn-Simei”;
  • Insira o CNPJ da sua empresa;
  • Selecione “original” e clique em “2023” para a declaração do ano corrente;
  • Preencha o campo “valor da receita bruta total”, detalhando os valores das atividades comerciais, industriais e de serviços;
  • Finalize a declaração e imprima o comprovante para garantir a sua cópia física.

Segundo informações do Sebrae, este processo é projetado para ser simplificado, facilitando a vida do empreendedor e reduzindo a burocracia.

Portanto, é uma boa prática estar atento aos prazos e garantir que todas as informações necessárias estejam corretas e completas para evitar erros.

Dicas finais para evitar problemas com sua Declaração Anual

Assegure-se de que todas as vendas e serviços realizados estejam bem documentados e que os valores declarados estejam alinhados com suas notas fiscais.

Veja também:

Senado aprova importante mudança no Bolsa Família; confira

A organização e atenção aos detalhes são fundamentais para qualquer MEI que deseja manter seu negócio não apenas lucrativo, mas também em boa posição com as autoridades fiscais brasileiras.

Imagem: rafastockbr / shutterstock.com