Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Senado aprova importante mudança no Bolsa Família; confira

Saiba mais sobre a aprovação da exclusão do BPC no cálculo de renda para solicitar o Bolsa Família e seu impacto nas famílias brasileiras

Na última sessão da Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado, houve a aprovação de uma medida importante: a exclusão do Benefício de Prestação Continuada (BPC) no cálculo de renda para solicitar o Bolsa Família. Assim, essa decisão tem o potencial de impactar positivamente milhares de famílias em situação de vulnerabilidade no Brasil.

Em síntese, essa aprovação significa que o valor recebido pelo BPC não será mais considerado ao calcular a renda familiar para a elegibilidade ao Bolsa Família. Anteriormente, o BPC era incluído nesse cálculo, o que muitas vezes excluía famílias que tinham direito ao Bolsa Família devido à sua renda total, incluindo o benefício do BPC. Veja mais detalhes!

Impacto da mudança no Bolsa Família

Portanto, essa medida tem um impacto direto nas famílias mais vulneráveis do país. Ao excluir o BPC do cálculo de renda, mais famílias terão acesso ao Bolsa Família, garantindo um suporte financeiro crucial para sua subsistência. Isso é especialmente significativo em um momento de crise econômica e social, quando muitas famílias estão enfrentando dificuldades financeiras.

Veja também:

Avenue reduz taxa de câmbio na conta internacional; confira!

Assim, essa decisão também contribui para a redução das desigualdades sociais no Brasil. Ao garantir que as famílias mais necessitadas tenham acesso a programas de assistência social, o Estado está trabalhando para promover uma distribuição mais justa de recursos e oportunidades. Isso é fundamental para construir uma sociedade mais equitativa e inclusiva.

Antecipação do Bolsa Família De Abril: Veja a Lista De NIS Contemplados com R$ 800
Imagem: Sidney de Almeida / shutterstock.com

Requisitos do programa social

Por fim, confira os requisitos atuais para integrar o Bolsa Família:

  • Ter renda familiar mensal de até R$ 218 por pessoa (com a medida recém aprovada, o valor do BPC não entra nesse cálculo);
  • Ter inscrição atualizada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Em suma, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é o responsável por pagar o BPC aos idosos com idade a partir de 65 anos e pessoas com deficiência que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Assim, o valor do benefício é de um salário mínimo (R$ 1.412 em 2024) mensal.

Imagem: Sidney de Almeida / shutterstock.com