O dfndr lab, a divisão de pesquisa da fabricante de antivírus PSafe, publicou um alerta sobre uma fraude disseminada no Facebook para roubar os perfis dos usuários. Conforme a PSafe, o golpe promete vagas de emprego para convencer os usuários a acessarem o link fraudulento. Ele é publicado em ‘lives’ (transmissões ao vivo) de pessoas famosas.

É provável que você também goste:

A dívida caducou no SPC/Serasa, o banco pode negar crédito?

Confiança no Banco Inter caiu após falha que zerou/negativou o saldo de correntistas?

4 em cada 10 usuários de cartão aumentaram limite de crédito sem solicitar

Cuidado: golpe promete vagas de emprego e rouba conta do Facebook

Golpe promete vagas de emprego – Ele ocorre da seguinte forma: a vítima entra no site falso e recebe uma solicitação para copiar e colar um código para “continuar”. Entretanto, caso faça isso, o usuário cederá seu acesso ao Facebook para um outro positivo. Com isso, permitindo assim que os golpistas acessem o perfil.

Na continuidade, a vítima também é induzida a preencher um formulário com seus dados pessoais para participar de um “concurso”. Especialmente para ganhar assinaturas grátis de alguns serviços de Streaming. Como por exemplo, Netflix e Spotify.

Ainda, de acordo com a PSafe, publicações com o link em alguns casos foram realizadas de maneira “incentivada” (com postagem patrocinada), sempre no Facebook. A empresa diz que o site está ativo desde maio e que já foi acessado 300 mil vezes.

“Acredito que o êxito da fraude esteja relacionado diretamente ao impulsionamento das postagens no Facebook, usando como pretexto a inscrição em processos seletivos de vagas de emprego”, disse o diretor do dfndr lab Emilio Simoni. Para o especialista, é a primeira vez que um golpe de roubo de credenciais atinge essa magnitude sem a “viralização direta” comum em golpes de WhatsApp, quando os próprios usuários são envolvidos na fraude para passar o link aos contatos.

Portanto, os usuários devem ter muito cuidado ao seguir orientações em links publicados em suas redes sociais. Especialmente, quando essas orientações não têm relação com o que foi ofertado (como a vaga de emprego). O site do dfndr lab também possui uma função de checagem de links.

Enfim, gostou da notícia?

Então nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim, acompanhe artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos e tudo relacionado à fintechs.