6 dicas para aumentar o valor da restituição do Imposto de Renda

0
PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

O prazo para entrega da declaração do IR começou dia 02/03/2020 e vai até as 23h59 de 30/04/2020. Se você não é isento, então deve fazer a declaração do Imposto de Renda (IR), caso contrário cairá na malha-fina e estará sujeito à multa. Devem declarar IR todos os contribuintes com rendimentos acima de R$ 28.559,70 em 2019 (ou seja, cerca de R$ 2.379,98/mês). Além disso, quem teve lucro acima desse valor com venda de bens ou operações na bolsa de valores também deve fazer a declaração.

É provável que você também goste:

PUBLICIDADES

Nova dica fundamental para aumentar o limite do Nubank.

PUBLICIDADES

No Dia do Consumidor, Credicard dá descontos na Electrolux e Decolar

Truque para aposentados do INSS aumentarem valor da aposentadoria.

Se você tem que fazer a declaração, então confira nossas dicas para aumentar o valor da restituição do Imposto de Renda.

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

O que é a restituição do Imposto de Renda?

A restituição do Imposto de Renda nada mais é do que o valor que a Receita Federal deve devolver para você. Os trabalhadores cuja faixa salarial torna a declaração obrigatória costumam ter o Imposto de Renda descontado mensalmente da folha de pagamento. Sendo assim, caso o valor total descontado seja acima do valor correto, a Receita Federal devolve o valor excedente ao contribuinte.

6 dicas para aumentar o valor da restituição do Imposto de Renda

1- Guarde todos os recibos de despesas com saúde e educação

Primeiramente, guarde todos os recibos de todos os serviços que podem ser deduzidos do IR, como despesas com saúde e educação. Despesas com consultas médicas particulares, dentista, exames clínicos, planos de saúde e escola privada, por exemplo, são algumas que podem ser deduzidas do IR e aumentar o valor da restituição. Entretanto, vale lembrar que despesas com tratamentos estéticos e procedimentos sem indicação médica não podem ser descontados.

2- Registre todos os seus dependentes

Caso você seja responsável pelos gastos com dependentes (filhos, pais ou avós), então saiba que essas despesas podem ser deduzidas também. Normalmente pessoas idosas geram muitos gastos com saúde, portanto essas despesas podem ser deduzidas do IR e aumentar a restituição.

3- Gastos com previdência privada

Se você tem um plano de previdência privada, você também pode abater até 12% de todo o rendimento anual tributável.

4- Taxas cobradas por investimentos

Algumas taxas de corretagem de investimentos podem ser deduzidas também. Sendo assim, vale muito a pena registrar essas informações na sua declaração de Imposto de Renda.

5- Despesas com doações

Se você é uma pessoa generosa e costuma ajudar entidades beneficentes, é possível solicitar os recibos mensais das doações. Dessa forma, dá pra deduzir até 8% do valor doado.

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

6- Não deixe para fazer a declaração na última hora

Por fim, mão não menos importante, evite deixar para fazer a sua declaração de Imposto de Renda na última hora. Nos últimos dias os sistema da Receita Federal costuma ficar congestionado e você pode não conseguir enviar a sua declaração. Além disso, se você fizer a declaração na pressa para enviar dentro do prazo, há maiores chances de que você cometa algum erro e caia na malha-fina. Portanto, o ideal é fazer a sua declaração com muita calma e atenção e não deixar para enviá-la nos últimos dias.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: rafapress, via Shutterstock.

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar