Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Dinheiro esquecido do Abono do PIS/Pasep já pode ser sacado

0

Cerca de R$ 208,5 milhões do PIS/Pasep referente a outros anos serão liberados  para os trabalhadores a partir desta quinta-feira, 31 de março.

Ao menos 320 mil trabalhadores, de acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, não efetuaram o saque do abono relativo ao ano-base 2019 dentro do período determinado.

O período estabelecido para realizar o saque do PIS/Pasep, ano-base 2019, foi de julho de 2019 a junho de 2020. Entretanto, uma grande quantidade de beneficiários do abono não fizeram o saque conforme o calendário estipulado, dessa forma, o governo federal tomou a decisão de oferecer uma nova chance aos trabalhadores.

Com previsão de começar em fevereiro, o período para solicitar os valores esquecidos do PIS/Pasep foi adiada pelo governo e teve início nesta quinta, 31 de março.

Vale lembrar, que hoje também está sendo pago o último lote do PIS/Pasep referente ao ano-base 2020, que teve o calendário iniciado em 8 de fevereiro.

Como sacar o dinheiro esquecido do PIS/Pasep ?

O trabalhador que desejar efetuar o saque do dinheiro esquecido do abono salarial deve realizar uma requisição formal de reemissão, que poderá ser feito das seguintes maneiras:

  • De forma presencial, apresentando um documento com foto em uma das unidades regionais do Ministério do Trabalho;
  • Através do e-mail trabalho.uf@economia.gov.br, substituindo o “uf” pela sigla do estado em que reside.

“Caso a pessoa peça a reemissão, ela terá até dia 29/12 para sacar. E se não sacar somente poderá no calendário do próximo ano pedindo novamente a reemissão”, informou o Ministério do Trabalho e Previdência em nota.

Quem tem direito ao PIS esquecido?

Para ter direito a sacar o valor esquecido do PIS/Pasep é preciso cumprir as seguintes exigências.

  • Ter cadastro no PIS por pelo menos cinco anos em 2019;
  • Ter recebido até dois salários mínimos ao mês em 2019;
  • Ter trabalhado com carteira assinada ao menos 30 dias (consecutivos ou não) em 2019;
  • Estar com cadastro atualizado pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou e-Social.

Quem tem direito ao Pasep esquecido?

Tem direito a resgatar o Pasep esquecido, quem cumpre os seguintes requisitos:

  • Ser servidor público;
  • Estar inscrito no PIS/Pasep há no mínimo cinco anos;
  • Ter trabalhado formalmente pelo menos 30 dias em 2019;
  • Ter recebido em 2019 remuneração média de até dois salários mínimos por mês.

Como consultar o PIS/Pasep?

Para consultar o abono salarial PIS/Pasep, o trabalhador pode entrar em contato nos seguintes canais de atendimento:

PIS

O trabalhador poderá consultar o PIS através dos seguintes meios:

Pasep

Os servidores públicos podem realizar a consulta do Pasep com o CPF ou o número de inscrição no Pasep, que pode ser encontrada na Carteira de Trabalho do servidor. E os meios para consulta são:

  • Site do Banco do Brasil;
  • Central de Atendimento do Banco do Brasil, no telefone  4004-0001 ou 0800.729-0001;
  • Central Alô Trabalhador, no telefone 158.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Siga-nos no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o  Facebook, Twitter, Instagram, e Twitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafapress / shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar