Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Dinheiro na conta! CPF na nota pode te dar Pix de R$ 5 mil. Saiba como participar e sacar!

Saiba mais informações sobre como funciona o programa CPF na nota e quais são os benefícios que ele oferece ao contribuinte!

Muitos estabelecimentos comerciais sempre perguntam ao cliente se ele deseja incluir o CPF na nota fiscal no ato da compra. Essa prática está ligada a uma série de medidas de fiscalização e incentivo à nota fiscal por parte dos governos estaduais.

Inicialmente, a prática estava voltada para a diminuição da sonegação fiscal, com o intuito de controlar melhor a arrecadação de impostos advinda de estabelecimentos comerciais. Porém, ela se tornou uma oportunidade de conseguir benefícios para os consumidores, como Pix de R$ 5 mil. Continue a leitura!

Como funciona o CPF na nota?

Pessoa segurando nota fiscal e ao lado direito está escrito: "CPF na nota", colocada por meio de edição.
Imagem: GVLR / shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital

O CPF na nota é um programa gratuito que devolve parte do imposto recolhido pelo estabelecimento ao consumidor. Sendo assim, a cada compra realizada, o consumidor informa seu CPF na hora da compra e há o envio dessa informação à Secretaria da Fazenda do estado.

O propósito inicial desse programa é evitar a sonegação fiscal, já que ele auxilia no controle da arrecadação de impostos. No entanto, ele também proporciona vantagens expressivas para o consumidor. Entre os estados que oferecem esse programa, estão:

  • Alagoas;
  • Amazonas;
  • Bahia;
  • Ceará;
  • Distrito Federal;
  • Maranhão;
  • Minas Gerais;
  • Pará;
  • Paraná;
  • Rio de Janeiro;
  • Rio Grande do Norte;
  • Rio Grande do Sul;
  • Rondônia;
  • Santa Catarina;
  • São Paulo;
  • Sergipe.

Conheça as principais vantagens

O principal benefício de inserir o CPF na nota é a possibilidade de reaver parte do valor dos impostos recolhidos na compra. No entanto, as vantagens podem variar, dependendo do estado. Em muitos deles, é possível conseguir descontos em impostos como IPVA e IPTU ou participar de sorteios que oferecem prêmios em dinheiro.

Por exemplo, nos estados de São Paulo, Alagoas, Paraná, Goiás e Rondônia, é possível conseguir uma redução de até 10% no IPVA do ano seguinte àquele em que as notas foram registradas. Já no Rio de Janeiro, Amazonas e Bahia, esse desconto pode ser aplicado ao IPTU.

Veja também:

Quem tem direito ao salário-família?

Por fim, existem ainda aqueles estados que realizam sorteios de prêmios em dinheiro para os consumidores que colocam o CPF na nota. Esses prêmios podem variar de R$ 5 mil a R$ 1 milhão e os sorteios acontecem todos os meses. A cada R$ 100 em compras, o consumidor ganha um bilhete para concorrer nos sorteios.

Imagem: GVLR / shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital