Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Dólar cai frente ao Real em meio a preocupações com bancos dos EUA

Acompanhe a queda do dólar em relação ao Real devido a preocupações com bancos nos EUA. Leia e saiba mais detalhes!

Em meio à contínua incerteza no mercado global, o real se destacou como a moeda emergente com o melhor desempenho nesta quinta-feira. Seguido de perto pelo peso mexicano.

Depois de começar o dia em alta, com o valor chegando a R$ 4,96, o dólar à vista perdeu força durante a manhã e firmou-se em baixa no início da tarde. Isso se deu em parte devido ao enfraquecimento da moeda americana no exterior e ao recuo das taxas dos Treasuries. Assim, com uma mínima de R$ 4,9126, a moeda encerrou o dia em queda de 0,44%, cotada a R$ 4,9156.

Um dia após Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, descartar a probabilidade de corte de juros, surgiram preocupações sobre a saúde financeira dos bancos regionais americanos. Dessa forma, isso foi especialmente causado pelo desempenho negativo do New York Community Bancorp, que reportou prejuízo inesperado em 2023.

Perspectivas para a taxa de juros

Outrossim, o comunicado de ontem do Copom (Comitê de Política Monetária) auxiliou na condução dos negócios no mercado de câmbio doméstico. Ademais, o economista-chefe do Banco Fibra, Marco Maciel, afirma que apesar das perspectivas de redução serem movidas para maio, parte do mercado ainda aposta em março como o mês inicial do ciclo de baixa dos juros.

Várias notas de dólares americanos espalhadas, uma em cima da outra, preenchendo toda a imagem
Imagem: rafastockbr / shutterstock.com

Maciel ainda destaca a probabilidade de um fortalecimento do real rumo a R$ 4,85 graças à expectativa menos conservadora presente na curva de juros de dois anos dos EUA. Ele afirma que esse cenário favoreceria a apreciação das moedas desenvolvidas e emergentes em relação ao dólar, assim como a valorização das bolsas globalmente.

Futuro da economia americana e do dólar

Assim, os Índices PMI (Purchasing Managers Index) referentes a dezembro, divulgados hoje, indicaram uma resistência da economia americana, vindo acima das estimativas dos analistas. Os números representam um medida da saúde econômica do setor manufatureiro. O próximo foco de atenção são os dados oficiais do relatório de empregos (payroll) referente a Janeiro, que será divulgado amanhã.

Veja também:

Polêmica! Lula Acha Salário de R$ 44 Mil dos Ministros do STF Baixo!

No cenário interno, o Banco Central informou que o fluxo cambial foi positivo em US$ 1,509 bilhão na semana passada. Assim, a atenção se volta para o desempenho futuro das moedas emergentes e a saúde financeira do mercado global. Especialmente com as movimentações acerca das taxas de juros e o desempenho da economia americana.

Imagem: yukiqwa / Shutterstock.com