Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

No cartão pré-pago, o dólar turismo já bate o valor de R$ 6,44

Entenda por que o valor das moedas para turismo é mais alto.

0

Com o Brasil vivendo o pior momento da pandemia e as incertezas políticas e econômicas do momento, moedas internacionais estão mais altas do que nunca. Isso porque o câmbio vem refletindo o aumento dessas situações de risco no país. Assim, o dólar, o euro e a libra vêm se valorizando frente ao real ao longo de 2021.

Exemplo disso é que, até o dia 10 de março, o dólar comercial passou de R$ 5,27 para R$ 5,65, uma alta de 7,21%. Um ano atrás, a moeda valia R$ 4,65, ou seja, houve uma alta de 21,5% neste período. Já em relação ao euro comercial, o valor subiu 4,45% neste ano, indo de R$ 6,45 para R$ 6,74. Por fim, a libra esterlina valorizou 10,2% neste ano, indo de R$ 7,14 para R$ 7,87. Em 12 meses, a alta foi de mais de 30%. O site InfoMoney é a fonte das informações.

É provável que você também goste:

Programa Renda Cidadã Emergencial está dando R$ 350 em cadastro pelo WhatsApp?

XP lança cartão de crédito sem anuidade e com cashback maior do que Banco Inter e Méliuz

Novo Auxílio Emergencial exige atualização cadastral no Caixa Tem

No cartão pré-pago, o dólar turismo já bate o valor de R$ 6,44

Assim, pode-se perceber que um dos principais reflexos da alta está nas cotações do dólar turismo e do euro turismo. Nesta quinta-feira (11), a compra do dólar turismo em espécie sai por R$ 5,78 a R$ 6,04 nas casas de câmbio de São Paulo, por exemplo. Já a nota física do euro turismo, por outro lado, custa entre R$ 6,92 e R$ 7,17, nessas mesmas condições. Enfim, a libra, moeda de referência do Reino Unido, pode ser encontrado por um valor ainda maior, de R$ 8,34.

Porém, um dos maiores sustos do brasileiros está nas compras por cartões pré-pagos. Isso porque esses produtos têm uma incidência maior do chamado IOF, ou Imposto sobre Operações Financeiras. Com isso, o imposto pode ser de até 6,38%, contra 1,1% se comparado ao dinheiro físico. Dessa forma, o dólar turismo no cartão pré-pago fica entre R$ 6,13 e R$ 6,44. Já o euro turismo custa entre R$ 7,34 e R$ 7,67. E a libra, ao usar o cartão pré-pago, varia entre R$ 8,88 e R$ 9,30.

Por que existe diferença de valores entre as moedas comerciais e de turismo?

Mas, afinal, qual a diferença entre câmbio comercial e de turismo? Em geral, muita gente não sabe dessa variação. O fato é que o dólar comercial e o euro comercial costumam aparecer mais nos noticiários: isso porque são geralmente comprados ou vendidos por empresas, instituições financeiras e investidores. Assim, seu uso é para remessas internacionais, aplicações financeiras e importações e exportações.

Porém, no caso do dólar turismo, do euro turismo e da libra turismo, eles são voltados para pessoas físicas, que decidem comprar ou vender essas moedas para viagens. Assim, essa cotação turismo é usada quando você compra dinheiro vivo para transações em outro país. É o caso do cartão pré-pago para viagem ou da compra de passagens aéreas e pacotes no exterior, por exemplo.

Com isso, segundo economistas, o câmbio de turismo é mais caro do que o câmbio comercial por conta dos custos envolvidos em fazer a moeda chegar até a pessoa física.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: yukiqwa / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...