Saiba como se tornar um investidor no mercado da cannabis no Brasil

0

A SMU, uma das principais plataformas de crowdfunding no país, iniciou uma segunda rodada de captação para a Dr. Cannabis, empresa voltada para o acesso a produtos à base de cannabis no Brasil. A campanha busca atingir uma meta de R$2 milhões.

É provável que você também goste:

Nubank ou Banco Inter: Onde deixar sua reserva de emergência?

Saiba como antecipar até 3 parcelas do FGTS para conseguir empréstimo

Você pode ainda conseguir o auxílio emergencial de R$ 600 e nem sabe

O mercado de uso medicinal da cannabis é um dos que mais cresce no mundo e, de acordo com a consultoria americana The New Frontier Data, a estimativa é que o Brasil alcance o número de 3,4 milhões de pacientes por ano, podendo gerar um negócio de R$4,3 bilhões anualmente.

Segundo Viviane Sedola, CEO da Dr. Cannabis, eleita uma das 50 mulheres mais influentes do mercado pela revista High Times, a empresa pode faturar de R$32 milhões a R$128 milhões como canal de propaganda médica para a indústria de cannabis, além de funcionar como uma ferramenta de educação para a indústria.

Para Rodrigo Carneiro, CEO da SMU, o investimento na Dr. Cannabis é uma excelente opção para os investidores, já que a empresa está posicionada como uma das principais empresas voltadas para o uso da cannabis medicinal no país. Segundo ele, com essa captação, a Dr. Cannabis poderá consolidar a sua relevância nos próximos anos, investindo em novas funcionalidades da sua plataforma e no seu marketing institucional.

A segunda rodada de captação seguirá até 07 de outubro ou até esgotarem as cotas.

Para mais informações sobre a campanha, acesse: https://www.startmeup.com.br/

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: karacheo via shutterstock

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar