Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Enchentes no RS: qual o destino dos carros atingidos pela água?

As enchentes no RS causaram estragos no setor automotivo. Veja o destino dos 200 mil carros afetados e a resposta das seguradoras.

Recentemente, o Rio Grande do Sul foi palco de enchentes devastadoras, levando a perdas significativas no setor automotivo. Segundo uma análise feita pela Bright Consulting, estima-se que cerca de 200 mil carros tenham sido afetados. Com o recuo das águas, surge a questão: qual será o destino desses automóveis inundados?

Paulo Miguel Junior, vice-presidente do conselho gestor da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA), revela que os veículos menos danificados podem ser restaurados. No entanto, aqueles carros que sofreram danos substanciais, principalmente nos sistemas eletrônicos, provavelmente serão destinados a leilões ou mesmo desmontes para reaproveitamento de suas peças.

O que acontece com os carros após as enchentes?

Vários carros cobertos por lama das enchentes do RS
Imagem: Diego Vara/Reuters

O processo de remoção e conservação dos veículos atingidos está em andamento, conforme explica Marcio Probst, Chief Claims & Operation Officer do Grupo HDI.

As equipes estão trabalhando no local para avaliar minuciosamente os danos e definir o melhor encaminhamento para cada carro, seja ele reparo, leilão ou desmonte.

Como as seguradoras lidam com veículos inundados?

Segundo Adilson Lavrador, da Tokio Marine, todos os automóveis resgatados são inicialmente levados para os pátios dos leiloeiros parceiros, onde são devidamente lavados e higienizados. “Posteriormente, vamos fazer uma avaliação de cada veículo, a partir da qual tomaremos as medidas cabíveis, sempre avaliando caso a caso”, afirma Lavrador.

Por outro lado, Roberto de Antoni, diretor-geral de operações da Mapfre, informa que os carros com perda total são oficialmente desativados e destruídos. Os materiais como ferro e aço são então enviados para siderúrgicas, assegurando um destino ecológico para os resíduos conforme as normativas ambientais vigentes.

Veja também:

Ainda não recebeu a restituição do Imposto de Renda? Saiba se vale a pena antecipar

Qual a importância de um manejo adequado dos carros afetados?

  • Reaproveitamento de recursos: Destinar adequadamente os carros danificados para desmonte garante que peças e materiais sejam reciclados e reutilizados, promovendo a sustentabilidade;
  • Redução de riscos ambientais: A remoção apropriada de fluidos e contaminantes minimiza os danos ao meio ambiente;
  • Recuperação econômica: A venda em leilões de carros que podem ser recuperados ajuda a mitigar as perdas econômicas tanto para proprietários quanto para seguradoras.

Imagem: Diego Vara / Reuters