Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Entenda o acordo entre Magalu e AliExpress

Magazine Luiza e AliExpress fecham acordo histórico para venda de produtos em suas plataformas. Confira como irá funcionar a parceria

Em uma jogada estratégica para se manter competitiva no mercado brasileiro de varejo online, a Magazine Luiza anunciou um acordo inédito com o AliExpress, marketplace gigante do grupo chinês Alibaba. Assim, a parceria visa ampliar o leque de produtos disponíveis para os consumidores e fortalecer a presença das duas empresas no país.

Dessa forma, o Magazine Luiza, sob a liderança de Frederico Trajano, optou por uma abordagem inovadora denominada “coopetição”, firmando uma parceria estratégica com a AliExpress. Assim, a Magazine Luiza passará a vender produtos da linha “Choice” do AliExpress, que inclui itens com melhor custo-benefício e entrega mais rápida.

O que significa a “coopetição” entre Magazine Luiza e AliExpress?

Portanto, a ideia de coopetição, que consiste na cooperação entre competidores, visa unir forças em áreas estratégicas enquanto mantêm a competição em outros setores. De acordo com Frederico Trajano, a cooperação focará inicialmente em bens duráveis e produtos de long tail, os quais possuem uma demanda consistente e complementar entre as duas plataformas.

Embora os detalhes financeiros específicos, como as taxas de comissão (take rate) entre as empresas, não tenham sido divulgados, a cooperação não engloba inicialmente a operação logística. Isso significa que cada empresa continuará a gerir sua própria logística por enquanto, com possibilidades de integrações mais profundas sendo exploradas para o futuro.

Aliexpress e Magalu
Imagem: Reprodução /Edit: Seu Crédito Digital

Reação do mercado

Adicionalmente, Frederico Trajano mencionou a recente aprovação de uma nova taxa de importação de 20% para compras abaixo de US$ 50, considerada um marco para criar um ambiente de negócios mais equânime. Esta mudança tributária é vista como um passo importante para resolver questões de disparidade fiscal.

Veja também:

Varejo terá pior inverno desde 2021

Enfim, a resposta do mercado a este anúncio foi extremamente positiva. As ações do Magazine Luiza viram um aumento expressivo, saltando mais de 11% nas horas seguintes ao comunicado da parceria. Este pico é um indicativo da confiança dos investidores na capacidade desta cooperação em gerar valor significativo para ambas as empresas.

Imagem: Reprodução /Edit: Seu Crédito Digital