Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Enxaguante Bucal famoso está relacionado ao aumento do câncer; veja qual

Um estudo belga revela que um popular enxaguante bucal pode estar ligado a casos de câncer. Confira para saber mais!

Uma nova investigação científica na Bélgica apontou que o uso frequente de enxaguantes bucais que contêm álcool pode estar associado a um elevado risco de desenvolvimento de câncer de esôfago e colorretal.

O estudo, conduzido por pesquisadores do Instituto de Medicina Tropical de Antuérpia, revela detalhes preocupantes sobre a composição microbiológica da boca após o uso constante desses produtos.

A pesquisa identificou duas espécies bacterianas, Fusobacterium nucleatum e Streptococcus anginosus, que se mostraram mais abundantes após o uso diário do enxaguante bucal Listerine Cool Mint por três meses. Essas bactérias são conhecidas por terem uma possível conexão com cânceres no sistema digestivo.

Como foi realizado o estudo?

Imagem de duas mãos colocando enxaguante bucal na tampa
Imagem: Towfiqu barbhuiya / Unsplash

O estudo incluiu 59 participantes divididos em dois grupos. Um grupo usou o enxaguante com álcool Listerine Cool Mint diariamente por três meses e, em seguida, passou para um placebo. O outro grupo seguiu o protocolo inverso.

As análises realizadas após esse período demonstraram uma concentração maior das bactérias potencialmente carcinogênicas nos indivíduos durante o uso do enxaguante com álcool.

Por que evitar enxaguantes com álcool?

Segundo Chris Kenyon, um dos cientistas envolvidos no estudo, embora a pesquisa tenha se concentrado apenas em uma marca específica, é provável que resultados similares sejam observados em outros produtos com álcool na formulação.

Kenyon enfatiza que o álcool nos enxaguantes bucais pode desequilibrar a flora microbiana saudável da boca, além de irritar o tecido bucal, potencializando riscos à saúde.

Recomendações para uso seguro de enxaguantes bucais

  1. Prefira produtos sem álcool na composição;
  2. Utilize enxaguantes bucais de forma moderada, não excedendo o uso diário prolongado;
  3. Consulte seu dentista sobre a melhor opção de enxaguante bucal para sua saúde bucal específica.

É importante lembrar que, enquanto o estudo destaca certos riscos, a eficácia dos enxaguantes bucais na eliminação de bactérias nocivas e na promoção da saúde oral não deve ser desconsiderada.

A utilização consciente, juntamente com higienização adequada e revisões periódicas pelo dentista, continua sendo essencial para a manutenção da saúde bucal.

Posicionamento da empresa fabricante sobre o estudo

A Kenvue, empresa responsável pela marca Listerine, comentou sobre o estudo afirmando que, embora reconheça a importância do avanço científico, a pesquisa, segundo eles, não possui o rigor necessário para afirmar definitivamente os impactos na saúde humana.

Veja também:

PF descobre esquema de fraude de R$ 13 milhões em pensões por morte no INSS

A empresa ressalta que Listerine é um dos enxaguantes bucais mais testados do mundo, com uma história de mais de um século de pesquisas revisadas por pares. Eles destacam que continuam avaliando novos estudos para garantir a segurança e eficácia do produto.

Imagem: Towfiqu barbhuiya / Unsplash