Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Faliu? Elon Musk perde US$ 132 BILHÕES em 2022

2022 foi o ano em que um dos mais ricos e polêmicos empresários do mundo, Elon Musk, perdeu quase metade da sua fortuna.

Este foi um ano em que diversos milionários pelo mundo viram suas economias se esvaírem. E o polêmico empresário Elon Musk, dono de marcas como e Tesla, não ficou fora da

Musk se envolveu em diversas polêmicas depois da da rede social Twitter, o que atrapalhou nos negócios. Além disso, também sofreu prejuízos decorrentes do mercado de ações. 

Elon Musk perdeu quase metade da sua fortuna em 2022 

Além de ser o novo dono do Twitter, Musk também lidera a Tesla e a SpaceX. O empresário que começou o ano em primeiro lugar no ranking de homens mais ricos do mundo, começará 2023 com quase 50% a menos da sua fortuna.

Bernard Arnault é o homem mais rico do mundo agora, enquanto Musk está em segundo lugar na lista. A perda de Elon Musk em 2022 foi estimada em US$ 132 bilhões. Este foi um ano muito difícil quando o assunto são negócios internacionais, principalmente levando em consideração o mercado de ações.

Ano turbulento no mundo dos negócios

Além do prejuízo advindo da queda no valor ações de de tecnologia do mundo todo, Musk sofreu de outros lados, principalmente no que diz respeito a empresas que ele possui. 

O empresário comprou o Twitter no segundo semestre desse ano, e desde então parece que tem gerado apenas polêmica na rede social. Sem contar que o empresário teve de se desfazer de diversas ações de sua outra , a Tesla, para suprir o do Twitter. 

Depois de demissões em massa na nova empresa, e diversas decisões consideradas ruins para a maioria dos internautas da , Musk afirmou que passará a gestão da rede do passarinho azul para um CEO, e deixará o posto. 

A Tesla não ficou de fora da queda da fortuna do empresário, pelo contrário, foi uma das empresas que mais perdeu ao longo desse ano, com uma queda nas ações que chegou a 70%. 

Com os holofotes na compra do Twitter, o dono da Tesla deixou de priorizar a empresa, que está passando por consequências. O crescente mercado de automóveis elétricos também afetou a empresa, aumentando bastante seu número de concorrentes. 

Assim como outros milionários pelo mundo, como Jeff Bezos, fundador da Amazon, e muitos outros investidores, Elon Musk viu boa parte do seu escorrer pelo ralo em 2022. 

Imagem: Naresh777 / Shutterstock.com