Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Feriado é confirmado para o dia 9; veja se você vai folgar

Confirmação do feriado para o dia 9: planeje seu descanso e aproveite a folga garantida. Leia e confira os detalhes!

Em 1932, São Paulo foi palco de um dos eventos mais significativos da história do Brasil: a Revolução Constitucionalista. Originada de uma intensa disputa política e insatisfação com o governo central, essa rebelião é um marco na luta pela democracia e pela constituição no país. Neste artigo, exploraremos a origem, desenvolvimento e consequências dessa revolta que ainda ecoa na memória dos paulistas.

A insatisfação com a nomeação de interventores federais, que diminuíam a autonomia do estado de São Paulo, foi o estopim para o levante. Assim, a elite política e econômica paulista, aliada a grupos de diversos segmentos sociais, mobilizou-se em busca de um governo constitucional e mais representativo. Culminando no confronto armado contra as forças do governo Vargas.

O que foi a Revolução Constitucionalista e por que é feriado?

Calendário de feriados de 2024
Imagem: Robert Plociennik / Shutterstock.com

Em 9 de julho de 1932, São Paulo se insurgia contra o governo provisório de Getúlio Vargas, que havia sido estabelecido após um golpe em 1930. Essa data foi escolhida para simbolizar a resistência paulista, sendo celebrada até hoje como feriado estadual. Dessa forma, a revolta teve como principal demanda a elaboração de uma nova Constituição para o Brasil. Assim, visando restaurar a autonomia dos estados.

O feriado de 9 de julho foi oficializado pela Lei Estadual n.º 9.497, de 5 de março de 1997. A lei, sancionada pelo então governador Mário Covas, baseava-se na Lei Federal n.º 9.093 de 1995, que permitiu aos estados declararem suas datas magnas como feriados civis. Desde então, São Paulo comemora essa data com eventos e homenagens aos heróis da Revolução.

Veja também:

INSS: após denúncias de descontos indevidos, diretor é demitido

Impactos e legado da revolução

  • Legado político: a Revolução Constitucionalista catalisou a elaboração da Constituição de 1934, influenciando diretamente na redemocratização do Brasil.
  • Memória cultural: a data é marcada por homenagens e eventos cívico-militares, como desfiles e cerimônias, especialmente no Obelisco do Ibirapuera, símbolo da resistência paulista.
  • Educação histórica: escolas e instituições aproveitam o feriado para ensinar sobre a importância da democracia e do estado de direito.

Assim, ao longo dos anos, o feriado de 9 de julho tornou-se um momento de reflexão sobre a importância da participação política e da luta por direitos constitucionais. Para os paulistas, essa data não apenas rememora um passado de confrontos, mas também celebra os valores de democracia e autonomia que moldaram o estado e o país.

Imagem: Brian A Jackson / Shutterstock.com