Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Financiamento de passagens de ônibus? Entenda a novidade da Caixa

A Caixa lançou um programa que facilita a compra de passagens de ônibus interestaduais para famílias de baixa renda. Saiba mais!

A recente iniciativa lançada pela Caixa Econômica Federal promete ser uma grande aliada para famílias de baixa renda que desejam viajar entre estados. O anúncio ocorreu em um evento no Rio de Janeiro, destacando a aquisição de passagens de ônibus interestaduais por meio de casas lotéricas.

Este novo programa não apenas facilita o acesso a viagens mais longas para quem encontra dificuldades financeiras, mas também surge como uma alternativa viável frente aos preços proibitivos das passagens aéreas.

Durante o lançamento, a primeira transação foi simbolicamente realizada por um residente da Rocinha, marcando o início de uma nova fase para o transporte acessível.

Como funcionará o financiamento das passagens de ônibus?

Imagem de poltronas de ônibus
Imagem: Annie Spratt / Unsplash

O programa da Caixa oferecerá um tipo especial de linha de crédito que permitirá aos interessados adquirirem tickets de ônibus com maior facilidade.

Veja também:

Novidade na carteira de trabalho digital pode decretar o fim do saque-aniversário; entenda

Detalhes sobre as taxas e o processo de solicitação ainda estão sendo finalizados, mas a expectativa é de que sejam condições favoráveis para atrair o público alvo.

Qual o impacto esperado desta medida?

Com a liberação dessa linha de crédito especial, a Caixa Econômica busca ofertar uma solução eficaz para o problema da mobilidade de famílias que possuem parentes e compromissos em estados distantes, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do país.

O alívio no orçamento familiar com despesas de passagens de ônibus é uma das principais metas.

Outras iniciativas similares

Paralelamente, seguindo uma linha governamental de suporte a programas sociais, o Ministério de Portos e Aeroportos pressionou empresas aéreas a estabelecerem políticas de preços mais acessíveis.

Essa pressão culminou na criação do “Voa Brasil”, que propõe passagens aéreas a R$ 200, embora a plena execução ainda enfrente desafios significativos.

Imagem: Annie Spratt / Unsplash