Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Gerente do Banco Brasil desvia R$ 1,2 milhão da conta de cliente

0

Uma gerente de uma agência do Banco Brasil, que foi identificada pelas iniciais E.C.M.A, de 40 anos, em Campo Grande, foi indiciada por desviar mais de R$ 1,2 milhão da conta-corrente de uma idosa, de 88 anos. O inquérito foi concluído pela Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Roubo e Furto (Derf), sendo que uma funcionária, de 59 anos, da idosa também foi responsabilizada por participar do esquema.

É provável que você também goste:

Via Varejo vai lançar banco digital em mil lojas das Casas Bahia antes da Black Friday.

Sacar dinheiro no Banco24Horas pelo Nubank e outras fintechs ficará mais barato.

Seja membro

WhatsApp vai liberar função de enviar dinheiro dentro do aplicativo.

Gerente do Banco Brasil desvia R$ 1,2 milhão da conta de cliente idosa

Segundo o delegado responsável pelo inquérito, Fábio Brandalise, a gerente usou o dinheiro desviado para comprar carros, casas em condomínio de luxo e até viagem para a Disney, nos Estados Unidos. O esquema foi descoberto quando familiares da vítima perceberam o desfalque ao tirar extrato da conta.

Os policiais também comprovaram que a gerente do banco e a pessoa do convívio da vítima se aproveitaram do frágil estado de saúde dela, que tem mal de Alzheimer e outras doenças, que a tornaram permanentemente incapaz, para cometerem o crime.

Atendimento era feito na casa da idosa

Segundo a Polícia Civil, devido condições precárias de saúde da vítima, o atendimento era feito na residência dela. Asssim, pela falta de entendimento, ela assinou documentos sem saber que estava autorizando transferências bancárias.

Além disso, o delegado informou que a idosa era muito rica e morava em uma casa com dezenas de funcionários. Também há suspeita de que a gerente tenha feito proposta a alguns dos funcionários para ajudá-la no crime. Entretanto foi comprovado a participação de apenas uma pessoa que trabalhava na casa.

Provas produzidas durante o inquérito comprovam que a gerente retirou no mínimo R$ 873 mil da conta da idosa para benefício próprio e depositou outros R$ 388 mil na conta da funcionária da idosa, que a ajudava nos desvios.

Com o dinheiro desviado da idosa, a gerente comprou uma casa no residencial Dahma IV e um terreno no Dahma, condomínios de luxo na Capital. Esses bens foram avaliados em mais de R$ 1 milhão e foram bloqueados pela Justiça a pedido da Polícia Civil.

A gerente do banco chegou a pedir licença médica, mas no período que estaria em suposta recuperação, postou foto nas redes sociais passeando com a família na Disney.

A pena é de até 8 anos

Por fim, ambas foram indiciadas por furto qualificado, que prevê pensa de até 8 anos de reclusão.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Fonte: correiodoestado.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.