Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

4 sinais de um golpe financeiro: e como se prevenir

Confira as principais similaridades e saiba como se proteger dessas situações

0

mCom a digitalização de praticamente tudo em nossas vidas, inclusivo dos bancos e sistemas de pagamento digitais, a todo momento surge um golpe diferente. Contudo, existem algumas semelhanças entre eles, que auxiliam você a identificar uma possível fraude e se prevenir. Neste texto, falaremos sobre alguns sinais bem conhecidos de um golpe financeiro, para que você possa prestar atenção. Então, saiba mais a seguir!

4 sinais de um golpe financeiro: e como se prevenir

Dessa forma, para começar a falar sobre os sinais de um possível golpe, trazemos as ocorrências mais conhecidas. O golpe do motoboy, do novo número, do funcionário de banco, dos anúncios falsos de pagamento, dos esquemas de pirâmide, etc. Em todos eles, a lógica é a mesma. Ou seja, os golpistas aplicaram a técnica de manipulação chamada “engenharia social”, visando enganar suas vítimas.

Em outras palavras, o criminoso ganha sua confiança em um primeiro momento, para depois induzir você a fornecer informações, executar alguma ação ou tomar decisões por impulso, como passar o número do seu cartão de crédito ou mesmo entregá-lo para alguém, acreditando estar se protegendo de algum golpe. A boa notícia é que existem indícios para evitar cair nessa. A seguir, veja 4 sinais de que você pode estar sendo enganado!

1. É bom demais pra ser verdade

Os golpistas sempre se aproveitam da fragilidade de suas vítimas. E em tempos de crise, isso se torna ainda mais verdadeiro. Assim, desconfie de soluções milagrosas e promessas que resolveriam seus problemas financeiros de uma hora para a outra.

2. A solução é urgente

Um artifício muito utilizado em qualquer golpe financeiro é o senso de urgência. Isso para que as pessoas acabem tomando decisões precipitadas. O impulso fala mais alto. Portanto, desconfie também de situações que devam ser resolvidas com muita rapidez, e sempre pense antes sobre, ou converse com um parente ou amigo.

3. Pedido de informações em excesso

Sempre desconfie de contatos que peçam muitas informações sobre você. No caso de mensagens e e-mails, sempre fique atento ao remetente, e confira se ele é de confiança, pois pode ser um golpe. No caso de ligações feitas por funcionários de empresas, se estiver com dúvidas, desligue e faça um contato pelo número oficial.

4. Necessidade de baixar arquivos

Por fim, cuide sempre ao clicar em links que te direcionam para páginas de downloads, ou seja, que pedem para você baixar algum arquivo. Isso porque muitos desses links podem significa um golpe, com a intenção de roubar seus dados. Mesma coisa para aplicativos: para isso, use apenas as lojas oficiais dos sistemas iOS e Android.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de créditoempréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar