Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Golpes do Pix: conheça quais os principais e se proteja!

Conheça os principais golpes envolvendo Pix e saiba como se proteger. Informe-se agora para garantir sua segurança financeira!

Com o avanço da tecnologia e o crescente uso de serviços online, os golpistas têm aperfeiçoado suas estratégias para enganar os usuários e obter acesso indevido a contas bancárias e dados pessoais. A FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) alerta sobre os principais golpes e oferece orientações valiosas para os cidadãos poderem se proteger eficazmente dessas armadilhas virtuais.

Entre as práticas fraudulentas mais comuns, encontra-se o Golpe da Tarefa, o Golpe da Clonagem do WhatsApp e o Golpe da Engenharia Social. Dessa forma, cada um desses métodos tem características próprias que visam ludibriar as vítimas de maneiras distintas, mas todas visando obter vantagens financeiras ilícitas.

Golpe da tarefa e da clonagem?

Imagem de um homem encapuzado e símbolo do WhatsApp em miniatura na frente do homem representando golpes
Imagem: Maksim Shmeljov / shutterstock – Edição: Seu Crédito Digital

O Golpe da Tarefa tem ganhado destaque pela aparente inocência com promessas de ganho fácil. Os criminosos utilizam aplicativos de mensagens para oferecer oportunidades de ganhar dinheiro por ações simples como curtir publicações ou seguir perfis nas redes sociais. No entanto, a artimanha se concretiza quando pedem um pagamento para a pessoa poder continuar participando, deixando muitos no prejuízo.

O Golpe da Clonagem do WhatsApp ocorre quando os fraudadores, fingindo ser de uma empresa conhecida, solicitam o código de segurança do aplicativo, alegando necessidade de atualização ou confirmação de dados. Com o código, eles replicam a conta da vítima e solicitam dinheiro aos contatos, gerando grande constrangimento e prejuízos financeiros.

Prevenção contra o golpe da Engenharia Social

No golpe de Engenharia Social, criminosos se aproveitam das informações disponíveis em redes sociais para se passarem por conhecidos das vítimas. Eles então pedem urgência em transferências financeiras, alegando emergências. Para evitar cair nesse tipo de golpe, nunca realize transações sem antes confirmar a identidade da pessoa por meio de um contato direto e seguro.

Veja também:

Moeda ‘Cruz de Cristo’ vale até R$ 40 mil, confira!

Dicas de prevenção contra golpes virtuais

  • Desconfie de ofertas muito vantajosas e pedidos urgentes de dinheiro.
  • Nunca compartilhe senhas ou códigos de segurança.
  • Utilize a verificação em duas etapas em todos os seus aplicativos e serviços online.
  • Confira sempre o endereço oficial da página e evite clicar em links suspeitos.

Imagem: UnImages / shutterstock.com