Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Google pega clientes de surpresa com aumento de preço em importante serviço; confira

Nestes últimos dias, o Google anunciou mais um reajuste nos preços de seus serviços e diversos usuários foram impactados. Veja!

Nesta semana, o Google anunciou que vai realizar o reajuste dos preços de alguns de seus serviços, deixando-os mais caros. De acordo com as informações, a mudança deve acontecer a partir do dia 6 de janeiro de 2024.

Assim, usuários que compram o Google One, serviço de armazenamento na nuvem, sofrerá com um reajuste, que pode particir de 8% e chegar em até 20%, a depender do plano.Veja quais são as mudanças e os novos valores dos serviços.

Preços dos serviços da Google aumentaram

Imagem de uma tela de celular com os aplicativos Google, como Gmail e Maps.
Imagem: AP_FOOTAGE / Shutterstock.com

Os planos de armazenamento do Google que terão seus preços alterados são o Básico, que oferece 100 GB e vai passar de R$ 69,99 para R$ 79,90/ano. O Plano Padrão, com 200 GB, que vai de R$ 99,99 para R$ 119,90/ano e o plano Premium, que oferece 2 TB de armazenamento e vai passar de R$ 349,99 para R$ 389,90/ano.

Ainda haverá ajustes nos planos mais caros, com mais de 2 TB, normalmente utilizados por empresas. Estes, por outro lado, foram os que sofreram os menores reajustes. O Plano Premium de 30 TB, o maior e mais caro de todos, por exemplo, agora custa R$ 1.169,90 (antes era R$ 1.049,99).

Veja também:

IPTU atrasado? Confira como pagar sem multa

De acordo com o comunicado enviado aos assinantes, todos os recursos do Google continuarão os mesmos e os usuários não precisarão realizar nenhuma ação no momento. No entanto, a empresa não forneceu detalhes sobre os motivos do aumento, apenas informou os novos preços que praticarão a partir de 2024.

Qual será o impacto do aumento para os consumidores?

A alta dos preços do Google One pode gerar impacto significativo para os consumidores brasileiros, que já estão lidando com um cenário econômico desafiador. Este aumento pode levar alguns usuários a reconsiderar a assinatura do serviço, especialmente aqueles que estão no plano Básico.

A fim de mais esclarecimentos, os assinantes do One terão que aguardar para saber se a empresa irá esclarecer os motivos por trás desta decisão nos próximos meses. Por fim, o Google One é muito usado para armazenar documentos, fotos, vídeos e outros tipos de arquivos na nuvem.

Imagem: AP_FOOTAGE / Shutterstock.com