Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Governo de São Paulo anuncia 150 mil vagas para Bolsa Trabalho de R$ 540

0

O governo de São Paulo anunciou a criação de 150 mil vagas para o programa “Bolsa Trabalho”, que tem o intuito de ofertar ocupação, renda e qualificação profissional para as pessoas que se encontram desempregadas.

O programa foi desenvolvido através da parceria entre as secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Governo com municípios cadastrados e dá prioridade a mulheres.

É provável que você também goste:

Novo auxílio de R$ 452 será pago ainda em janeiro; confira quem poderá receber

Auxílio Brasil: beneficiários vão receber mensagem no CAIXA Tem

O investimento do estado de São Paulo no “Bolsa Trabalho” é de R$ 415 milhões e as bolsas serão no valor de R$ 540,00 pagos mensalmente àqueles que efetuarem trabalhos junto a órgãos públicos municipais e estaduais. A carga horária será de 4 horas por dia, cinco dias por semana, e a bolsa poderá ser paga por até cinco meses.

Além de realizarem as atividades nos órgãos públicos, os beneficiários do programa irão fazer um curso de qualificação profissional e receberão ajuda para se recolocar no mercado de trabalho através dos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs).

Os bolsistas terão seis opções de cursos profissionalizantes que serão ministrados de forma virtual pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) e cada um terá duração de 80 horas.

Quais são os cursos oferecidos pelo “Bolsa Trabalho”

Os cursos oferecidos por meio da Univesp são:

  • Auxiliar de Controle de Produção e Estoque;
  • Gestão Administrativa;
  • Gestão de Pessoas;
  • Organização de Eventos;
  • Rotinas e Serviços Administrativos;
  • Secretariado e Recepção.

Como me cadastrar para o “Bolsa Trabalho”?

Para se cadastrar no “Bolsa Trabalho” é necessário cumprir alguns requisitos. Vejamos:

  • Ser morador do estado de São Paulo;
  • Estar desempregado;
  • Ser maior de idade;
  • Renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 606,00);
  • Se inscrever no Portal “Bolsa do Povo” de 25 de janeiro a 7 de fevereiro;
  • Aguardar a convocação que será feita por meio de publicação no Diário Oficial.

Quais os documentos necessários para o cadastro?

As inscrições são gratuitas e online, mas necessitam dos seguintes documentos:

  • RG;
  • CPF;
  • Carteira de Trabalho;
  • Comprovante de Endereço.

Em 2021, com a promulgação da Lei nº 17.372, o “Bolsa Trabalho” foi integrado ao programa Bolsa do Povo, que centraliza a administração dos benefícios, ações e projetos, com ou sem repasse de renda, criados para atender as pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Vergani Fotografia / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar