Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Governo do Rio Grande do Sul libera auxílio de R$ 2.500 para desabrigados pela chuva

Saiba mais sobre o auxílio emergencial de R$ 2,5 mil anunciado pelo governo do RS para famílias desabrigadas ou desalojadas!

O governo do Rio Grande do Sul anunciou um novo programa de auxílio emergencial destinado a acudir as famílias desabrigadas ou desalojadas em razão das enchentes no estado. Trata-se, portanto, do repasse de R$ 2,5 mil.

Dessa forma, saiba mais informações sobre os critérios estabelecidos pelo governo para determinar quem tem direito a receber essa ajuda financeira. Continue a leitura!

Quem pode se beneficiar do novo auxílio financeiro do governo do RS?

Cédulas de 50, 100 e 200 reais, ao lado de moedas de 1 real
Imagem: rafastockbr / shutterstock.com

O programa objetiva auxiliar famílias significativamente afetadas pelos eventos climáticos recentes, garantindo um suporte financeiro substancial. A medida destina-se especificamente para famílias que estão registradas como pobres ou extremamente pobres no Cadastro Único para Programas Sociais, conhecido como CadÚnico.

Conforme divulgado, o repasse do auxílio se dará em uma parcela única de R$ 2,5 mil. Para estar elegível, a família deve estar enquadrada nos critérios de pobreza ou extrema pobreza no CadÚnico e deve ter sido desalojada ou desabrigada devido a eventos climáticos ocorridos dentro do período estipulado pelo programa.

Conforme a gestão estadual, o governo gaúcho disponibilizou um total de R$ 50 milhões em recursos, beneficiando 20 mil famílias afetadas pelas chuvas.

Como se inscrever e receber o auxílio?

As inscrições para o auxílio do governo não ocorrem diretamente pelos cidadãos. Em vez disso, as equipes municipais de Assistência Social são responsáveis por cadastrar as famílias qualificadas. É fundamental que os municípios respeitem o prazo de 30 dias após o recebimento das instruções da Secretaria de Desenvolvimento Social para efetivar o registro no sistema do programa.

Veja também:

Pagamento do Abono do Pis/Pasep 2024 foi antecipado, confira a data!

Por sua vez, a gestão dos recursos mobilizados para o auxílio é uma colaboração entre várias secretarias estaduais, assegurando que os investimentos ocorram de maneira transparente e eficiente. Com treinamento especializado, as equipes municipais possuem preparo para administrar adequadamente o cadastramento e garantir que o auxílio chegue a quem realmente necessita.

Imagem: rafastockbr / shutterstock.com