Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Governo entrega Cesta Básica Junina para titulares do Bolsa Família

O governo vai distribuir cestas básicas juninas para beneficiários do Bolsa Família. Saiba mais informações!

O fim de maio não apenas encerra mais um ciclo de pagamentos do Bolsa Família, mas também dá início aos preparativos para uma ação muito esperada pelas famílias carentes: a distribuição de cestas básicas para o período de festas juninas. Muitos podem não saber, mas essa distribuição se dá por meio das prefeituras e não diretamente pelo programa federal.

Dessa forma, saiba mais informações sobre como se dá o repasse de produtos básicos da alimentação para as famílias. Continue a leitura!

Como as cestas básicas são financiadas e distribuídas?

cesta básica do governo
Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Para as famílias que dependem dessas doações para complementar sua alimentação, entender o caminho para se tornarem elegíveis é fundamental. Não basta apenas estar inscrito no Bolsa Família, é necessário também estar ativo no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Assim, a prefeitura pode validar a necessidade e incluir o beneficiário no rol dos contemplados para receber a cesta básica.

As prefeituras atuam com o objetivo de amparar as famílias que enfrentam maior vulnerabilidade social em seus municípios. Utilizando recursos próprios, elas organizam a composição e distribuição das cestas básicas, que geralmente incluem produtos essenciais como feijão, arroz e farinha.

Ademais, cada localidade tem autonomia para definir o conteúdo da cesta e a forma com que será entregue, podendo em algumas circunstâncias substituir a cesta por uma ajuda financeira destinada à compra de alimentos.

O que é necessário para receber o benefício junino?

Como dito, para ser um dos contemplados, é imprescindível que as famílias estejam registradas no CadÚnico. Após essa etapa, é importante visitar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município para verificar as particularidades da distribuição na sua região e confirmar a elegibilidade.

Veja também:

Fim das comprinhas na Shein e Shopee? Entenda o que muda com a taxa para compras de até US$ 50

No entanto, nem todas as prefeituras possuem recursos suficientes para garantir a distribuição de cestas básicas a todos os inscritos no CadÚnico. Essa realidade faz com que a disponibilidade dessas cestas seja limitada, alcançando apenas um número restrito de famílias. Por essa razão, é crucial checar com o CRAS local a disponibilidade e garantir que todas as informações necessárias estejam atualizadas no sistema.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com