Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Governo federal revela investimentos para o Novo Programa de Aceleração do Crescimento

Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal revela retomada de investimentos. Saiba mais aqui!

Por meio de nota técnica recentemente publicada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), o Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) foi apresentado. No material é possível conferir os planos de retomada de investimentos do governo federal.

O projeto foi lançado pelo governo Lula no último mês de agosto e destaca a parceria entre a atual gestão e o setor privado, além dos movimentos sociais e governos estaduais e municipais. Desse modo, siga na leitura para saber mais sobre o Novo PAC.

Novo PAC apresenta retomada de investimentos no país 

Com base nas informações reveladas pelo governo, a estimativa inicial é de que os investimentos do Novo Programa de Aceleração do Crescimento sejam de R$ 1,7 trilhão, com R$ 1,4 trilhão sendo investidos entre os anos de 2023 e 2026.

Assim, os recursos devem ser divididos entre os diferentes setores, sendo o maior contemplado o eixo de Cidades Sustentáveis e Resilientes (36,1%), seguido de Transição e Segurança Energética (32%) e Transporte eficiente e sustentável (20,7%).

Veja também:

Novo saque do FGTS de até R$ 6.220 liberado pela Caixa nesta quarta (14); saiba que pode receber

A seguir, confira a proposta de distribuição total dos recursos do Novo Programa de Aceleração do Crescimento: 

Gráfico exibindo a distribuição total de recursos do Novo Programa de Aceleração do Crescimento.
Fonte: Dados disponíveis no site (https://www.gov.br/casacivil/novopac). Acesso dia 14 de agosto de 2023. Elaboração: Subseção DIEESE/CUT Nacional

Retomada dos investimentos e impacto no desenvolvimento do país

Considerando os setores anunciados para recebimento dos investimentos do Novo Programa de Aceleração do Crescimento, a expectativa é de que a economia sinta um impacto positivo. 

Além disso, as áreas sociais como habitação, saúde e educação ganham na geração de emprego e renda. Ao todo, os feitos do PAC devem gerar cerca de 4 milhões de empregos em todo o país. O reflexo dos investimentos deve ser percebido também em uma melhora na qualidade de vida da classe trabalhadora.

Ademais, um dos setores que ganham atenção no Novo PAC é o eixo da transição ecológica. Isso porque a ideia de economia sustentável no país, até o momento, foi trabalhada com maior foco econômico em relação ao social e ambiental. Assim, espera-se que com o novo programa possam ser sanados, também, os problemas relacionados ao déficit de qualidade das condições de trabalho em empregos verdes.

Imagem: Ricardo Stuckert / Presidência da República