Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Governo lança FGTS Digital nesta terça (27), saiba mais!

Saiba mais sobre o FGTS Digital, nova forma de acesso ao Fundo de Garantia que traz facilidade e praticidade.

No dia 27 de setembro de 2023, o Ministério do Trabalho e Emprego lançou o FGTS Digital, uma iniciativa que promete revolucionar a forma como o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é recolhido. Dessa forma, essa mudança tem como objetivo simplificar a vida dos trabalhadores, ao aproveitar as informações já cadastradas no eSocial como base de dados.

Com o FGTS Digital, os trabalhadores terão mais facilidade para verificar os depósitos realizados em seus nomes, além de possibilitar um maior controle e transparência sobre esses valores. Assim, a implementação no Digital visa também a redução da burocracia e a melhoria da eficiência no recolhimento do FGTS, trazendo benefícios tanto para os trabalhadores quanto para as empresas.

Como funciona o FGTS Digital?

Tela de computador e tela de celular com logo do FGTS
Imagem: Antonio Salaverry / shutterstock.com

Desenvolvida em interface totalmente web, a nova plataforma disponibilizará diversas opções para geração de guias. A previsão para a implementação oficial do serviço é em 1º de março de 2024 conforme regulamento nos artigos 3º e 11 da Portaria MTE nº 3.211/2023. A partir dessa data, todo o recolhimento de FGTS mensal e rescisórios será responsabilidade do FGTS Digital.

Veja também:

Saque do PIS/Pasep será liberado a novo grupo em poucos dias

A realização do FGTS Digital contou com a parceria do Ministério da Gestão e Inovação, Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (CCFGTS), Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e a Caixa Econômica Federal.

Benefícios do FGTS Digital

O lançamento do FGTS Digital traz uma série de benefícios para trabalhadores e trabalhadores. Conheça então, alguns deles:

  • Maior facilidade para envio e personalização de guias;
  • Agilidade no processo de individualização dos depósitos nas contas dos trabalhadores;
  • Rapidez no pagamento do FGTS em atraso, com recolhimento de vários meses em um único guia;
  • Cálculo automático da multa do FGTS com base no histórico de remunerações do eSocial;
  • Ferramenta automática para recomposição de períodos anteriores e pagamento de indenização compensatória;
  • Utilização do Pix como ferramenta de pagamento, trazendo mais confiabilidade, agilidade e facilidade ao processo.

Imagem: Antonio Salaverry / shutterstock.com