Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Guedes defende auxílio de até R$ 3 mil através de verbas de privatizações

0

Na última quinta-feira (14), o ministro Paulo Guedes defendeu que os cidadãos de baixa renda devem receber um auxílio emergencial de até R$3 mil. De acordo com o chefe da pasta de economia, esse benefício seria possível, caso o Brasil avance em seus processos de privatização em andamento. 

Guedes defende auxílio de até R$ 3 mil através de verbas de privatizações

Segundo Guedes, o Brasil precisa vender as suas estatais. Desse modo, o governo pode destinar parte dos recursos, para a população em situação de vulnerabilidade. Para o ministro, o valor de um possível auxílio poderia ser de até R$ 3 mil. 

Na ocasião, Guedes cita:

“Que tal se o dinheiro da venda da Eletrobras, pelo menos 30% fossem distribuídos para os cidadão mais frágeis brasileiros? Será que em vez de fazer redistribuição de renda, será que não aprendemos algo com o efeito riqueza? Que tal para alguém que ganha R$ 250 todo mês de Bolsa Família, de repente você dá R$ 3 mil pra ele? E isso foi fruto de uma desestatização. Será que a opinião pública não muda?”.

Apesar dessa afirmação de Guedes, o presidente Jair Bolsonaro não concorda com a ideia. Para ele, a desestatização poderia tirar votos importantes para uma possível reeleição. Bolsonaro deve concorrer ao cargo de chefe do Executivo, em 2022. 

Por outro lado, Guedes defende que as privatizações vão ter um efeito contrário: “Quando o Lula falar assim: ‘estão querendo vender patrimônio do governo’, de repente você diz o seguinte: ‘não, em vez de roubar o patrimônio do povo, feito alguns governos faziam, nós queremos dar ao povo o que é do povo’”.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: A.RICARDO/shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...