Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Imóveis mais caros: Selic eleva taxa de juros do financiamento imobiliário

A taxa de juros do financiamento imobiliário ficou maior com alta da Selic

0

O aumento da taxa Selic pode deixar um pouco mais distante a realização do sonho da casa para quem pretende comprar um imóvel ainda neste ano. Antes de mais nada, é importante lembrar que a taxa básica de juros norteia diversos fatores na economia. Ademais, ao atingir o patamar de atingir 5,25% ao ano, a Selic fez com que alguns bancos reajustassem as taxas do financiamento imobiliário.

Entretanto, quem já aprovou seu financiamento este ano não precisa se preocupar, pois o reajuste na taxa de juros do financiamento imobiliário só vale para quem ainda não assinou o contrato. Entretanto, mesmo com esse reajuste, a Selic está mais baixa que em outros tempos, e ainda sim vale a pena tentar comprar seu imóvel em 2021.

Contudo, os consumidores podem aproveitar os subsídios do programa habitacional Casa Verde e Amarela, lançado pelo Governo Federal neste ano. o programa beneficia famílias com rendimento de até R$ 7.000 que vivem nas áreas urbanas ou de até R$84.000 por ano para famílias que moram em áreas rurais.

Alta da Selic eleva taxa de juros do financiamento imobiliário

Seja membro

Abaixo você pode conferir os reajustes na taxa de juros do financiamento imobiliário CET (Custo Efetivo Total – valor final cobrado do cliente) nos cinco maiores bancos do Brasil, de acordo com reportagem do portal UOL.

Banco do Brasil

  • De 6,39% ao ano (a.a).+TR (Taxa Referencial, atualmente zerada) para 6,55% a.a.+ TR
  • CET (Custo Efetivo Total) atual: a partir de 8,35% a.a.

Bradesco

  • A partir de 6,9% a.a. + TR
  • Custo Efetivo Total: não divulgado

Caixa

  • A partir de 7% a.a + TR
  • Custo Efetivo Total: não divulgado

Itaú Unibanco

  • De 6,9% a.a. + TR para 7,3% a.a. + TR
  • Custo Efetivo Total: não divulgado

Santander

  • De 6,99% a.a. +TR para 7,99% +TR
  • Custo Efetivo Total: a partir de 8,77% a.a.

Enfim, gostou da notícia?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Andrey_Popov / shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.