Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Inscritos no CadÚnico terão acesso ao kit antena; veja como vai funcionar

0

As famílias do Brasil que tem inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal terão acesso ao kit antena do governo federal. Em suma, o objetivo é renovar os aparelhos de quem já usa as antenas parabólicas (TVRO), e ajudar quem ainda não tem uma.

Os novos kits devem ser de graça, e terão um receptor para ajudar na compressão de áudio e vídeo das transmissões. Assim, isso deve proporcionar às famílias, uma melhor qualidade de som e imagem nas TVs. Abaixo, veja como vai funcionar.

É provável que você também goste:

Cadastro Único passa por nova revisão; confira

Com o novo app CadÚnico atualizado, é preciso confirmar alguma coisa?

Inscritos no CadÚnico terão acesso ao kit antena

Atualmente, em torno de 20 milhões de famílias no Brasil, fazem uso do sinal de TV aberta e gratuita via satélite na Banda C para acessar os canais. Entretanto, ao buscar evitar inferências na faixa de 3,5 GHz, será necessário migrar o sinal para a Banda Ku.

A partir do mês de junho, a banda 3,5 GHz passará a ganhar o sinal 5G em todas as capitais do Brasil. A frequência sinal é muito esperada, em especial por ser mais alta em comparação ao 4G, por exemplo. A estimativa é de que 10,5 milhões de inscritos no CadÚnico acessem o kit antena.

A migração da Banda C para a Band Ku será precisa para liberar a faixa para o sinal 5G. Ao considerar que o processo será feito a partir de junho, a liberação do kit antena será feito assim que os novos recursos de transmissão vão sendo usados.

Tudo deve acontecer de forma que as famílias que usam a TV ao ar livre, ou seja, via satélite, não percam o sinal. A banda larga móvel iniciará as suas operações no Brasil a partir do dia 30 de junho, em algumas cidades. Em 2023, a estimativa é estender o serviço para os municípios com mais de 500 mil habitantes. E até o final de 2026, o sinal deve estar liberado a todos.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Sidney de Almeida / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar