INSS vai estender por 3 meses a antecipação do pagamento de auxílio-doença e BPC. O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai prorrogar por mais três meses a antecipação de um salário mínimo (R$ 1045) mensal para os trabalhadores que se encontram na fila do auxílio-doença ou que solicitarem o benefício.

É provável que você também goste:

PagSeguro PagBank lança nova campanha das Moderninhas

Abono do PIS poderá ser pago para todos os brasileiros em 2020

Saiba como os aposentados podem evitar cair no golpe do crédito consignado

INSS vai estender por 3 meses a antecipação do pagamento de auxílio-doença e BPC

Desde o mês de abril, uma portaria havia permitido a antecipação por três meses devido à pandemia do novo coronavírus.

Entretanto, segundo fontes do governo, o entendimento é que ainda vai ser necessário evitar que as pessoas se exponham e saiam de casa para encaminhar esse tipo de auxílio. A antecipação ocorrerá até setembro.

Além disso, a prorrogação por mais três meses da antecipação vai valer também para o BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Vale lembrar que as agências físicas do INSS vão reabrir a partir de 14 de julho, retomando cerca de 80% do atendimento. De acordo com fontes do órgão, a retomada será de aproximadamente 60% das agências e todas as grandes cidades voltarão a ser atendidas. Contudo, os funcionários que fazem parte dos grupos de risco vão seguir em teletrabalho.

Enfim, gostou da matéria sobre a antecipação do pagamento de auxílio-doença e BPC?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: rafastockbr/shutterstock.