Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

INSS autoriza aposentadoria para trabalhadores com problemas na coluna

Problemas sérios na coluna podem permitir a aposentadoria por invalidez do INSS. Veja os requisitos e passos para solicitar o benefício.

Se você enfrenta sérios desafios devido a problemas na coluna, a possibilidade de se aposentar por invalidez pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pode representar uma esperança. Para muitos, essa condição limita severamente suas atividades diárias e capacidade profissional, destacando a importância de compreender os direitos e os procedimentos necessários para essa modalidade de aposentadoria.

No entanto, conseguir a aprovação para receber benefícios por invalidez não é tão simples quanto pode parecer. São necessárias várias condições a serem cumpridas e é preciso passar por procedimentos específicos que muitos desconhecem. A seguir, descubra como você pode preparar sua solicitação de aposentadoria devido a problemas na coluna e o que esperar durante esse processo.

O que é a aposentadoria por invalidez do INSS?

Imagem mostra um homem de costas, com a região da nuca e da lombar destacadas em vermelho, indicando dor. Ele apoia as duas mãos na região da lombar.
Imagem: New Africa / Shutterstock.com

A aposentadoria por invalidez é destinada a trabalhadores que não conseguem mais exercer suas funções por causa de problemas de saúde permanentes.

Condições sérias na coluna, como hérnia de disco e escoliose severa, são exemplos de situações que podem qualificar indivíduos para esse benefício.

Veja também: Restituição do Imposto de Renda: 2° lote vai liberar R$ 8,5 bilhões

No caso das doenças da coluna, uma avaliação rigorosa por parte do INSS determinará se a invalidez justifica a aposentadoria.

Quais são os requisitos?

  • Carência: É obrigatório que o segurado tenha pelo menos 12 meses de contribuição ao INSS, exceto em casos de acidentes de trabalho ou doenças preestabelecidas por lei;
  • Incapacidade comprovada: A condição de saúde do requerente deve ser validada através de laudos médicos detalhados e exames diversos;
  • Qualidade de segurado: É essencial que o trabalhador esteja contribuindo ativamente ou esteja dentro do período conhecido como “período de graça”.

Como proceder para solicitar esse tipo de aposentadoria?

  1. Agende uma perícia médica pelo site do INSS ou pelo telefone 135;
  2. Reúna e leve consigo todos os documentos médicos que comprovem a sua incapacidade, como laudos, exames e atestados;
  3. No dia marcado, o perito do INSS avaliará sua condição de saúde;
  4. Aguardar o veredito do INSS para saber se o benefício será concedido.

O que fazer se o pedido for negado?

Caso o pedido de aprovação seja negado, existem medidas que podem ser tomadas. O segurado pode pedir uma reavaliação da perícia ou iniciar um recurso administrativo.

Se necessário, buscar respaldo jurídico pode ser uma opção para garantir o acesso ao direito de aposentadoria.

Imagem: New Africa / Shutterstock.com