Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

INSS e Telemedicina: atendimento remoto agora disponível em mais áreas

INSS adota telemedicina para agilizar perícias médicas e concessão de benefícios previdenciários. Saiba como funciona!

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está transformando o atendimento aos seus segurados com a implementação da telemedicina, conhecida como “Perícia Conectada”.

Com essa iniciativa, o INSS busca melhorar a eficiência do atendimento, proporcionando um suporte mais acessível e eficiente aos beneficiários, oferecendo maior agilidade na concessão de benefícios previdenciários.

Ampliação dos serviços de telemedicina no INSS

Na imagem, casal de idosos olhando para a tela de um notebook sobre uma mesa.
Imagem: fizkes / shutterstock.com

Recentemente, o INSS lançou um projeto-piloto de telemedicina em algumas agências, como Colíder e Guarantã do Norte, no estado de Mato Grosso. Nessas localidades, as perícias médicas para o Benefício de Prestação Continuada (BPC) estão sendo conduzidas remotamente, facilitando o acesso para idosos e pessoas com deficiência de baixa renda.

Os resultados positivos do projeto-piloto têm motivado a expansão da telemedicina para outras regiões do país.

Como funciona?

As perícias médicas à distância são conduzidas por meio de videoconferências, nas quais os segurados são atendidos em consultórios médicos nas agências do INSS e avaliados remotamente por peritos médicos federais.

Esse formato assegura uma avaliação detalhada e precisa, eliminando a necessidade de deslocamentos longos por parte dos beneficiários.

Benefícios da Telemedicina para os segurados

Com a implementação das perícias remotas, o tempo para agendar e realizar uma perícia médica é significativamente reduzido, o que agiliza a concessão de benefícios. Além disso, os segurados agora desfrutam de maior comodidade, pois não precisam mais viajar longas distâncias até as agências do INSS, economizando tempo e dinheiro com transporte e hospedagem.

A telemedicina também amplia o acesso aos serviços do INSS, especialmente para aqueles que residem em áreas remotas ou enfrentam dificuldades de mobilidade. Adicionalmente, as perícias remotas possibilitam um acompanhamento mais eficiente e detalhado dos casos, garantindo uma avaliação precisa e um atendimento personalizado aos beneficiários.

Implementação e futuro da modalidade no INSS

Inicialmente adotada em regiões estratégicas, a telemedicina no INSS está gradualmente se expandindo para outras partes do país. No entanto, é importante ressaltar que essa modalidade não substitui completamente as perícias presenciais, as quais ainda são realizadas quando necessário.

A modernização dos serviços previdenciários por meio da telemedicina demonstra o compromisso do INSS em utilizar tecnologia para aprimorar a eficiência e a acessibilidade dos serviços oferecidos aos segurados.

Veja também:

Restituição do Imposto de Renda não caiu na conta? Saiba o que fazer

À medida que a demanda por esse tipo de atendimento aumenta, espera-se que mais agências adotem a telemedicina, beneficiando um número crescente de brasileiros que dependem dos serviços previdenciários.

Imagem: fizkes / shutterstock.com