Intercel: Banco Inter lança operadora de celular mais barata que a concorrência

0
PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

O Banco Inter é um dos maiores bancos digitais do país, oferecendo muitos serviços para seus clientes, como conta corrente sem taxas, cartão de crédito sem anuidade e possibilidade de investimentos, tanto na bolsa quanto em renda fixa. Agora, o Banco Inter lança a Intercel, operadora de celular mais barata, após meses de trabalho silencioso em cima deste projeto. Trabalharam diretamente nesse projeto o presidente e acionista, João Vitor Menin, e o head do marktplace da instituição, Rodrigo Gouveia.

É provável que você também goste:

PUBLICIDADES

TCU manda o governo publicar todos os nomes dos beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600

PUBLICIDADES

Santander oferece desconto de até 90% para quitar dívidas

Em meio à pandemia, Supermercados Big abrem 1.037 vagas de emprego

Banco Inter lança operadora de celular mais barata

O novo produto deverá ser lançado no próximo dia 20 de maio e chegará com uma atualização do SuperApp do Banco Inter. De acordo com João Vitor Menin, quando os usuários atualizarem o app, poderão encontrar a Intercel, nova operadora de telefonia celular.

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

A Intercel vem para fazer parte das chamadas operadoras virtuais, em um modelo de negócio que é conhecido como Mobile Virtual Network Operator (MVNO). Esse novo nicho conta com uma participação de 0,57% do mercado e no Brasil existem 1,3 milhão de aparelhos MVNO, conforme revelou a consultoria Teleco. Toda infraestrutura do negócio será da Surf Telecom, que é especialista neste tipo de serviço. Inclusive, trabalha com grandes empresas como o Magazine Luiza e os Correios.

O presidente do Banco Inter ainda disse que a Intercel será uma nova forma para fidelizar os clientes do banco:

 “Ele já é cliente do Inter, compra produtos no marketplace e agora pode consumir telefonia. É mais uma forma de fidelizar, engajar e monetizar.”

São ao menos 400 mil clientes do Banco Inter que já utilizam o app do banco para fazerem recargas. Ou seja, como distribuidora de planos, o banco pode chegar a 1 milhão de clientes em 2021, segundo Menin.

Para conseguir trazer os clientes, a Intercel será uma operadora de celular mais barata e deverá oferecer planos até 20% mais baratos do que as operadoras mais tradicionais do país, dando cobertura para todo território nacional. Além disso, a empresa tem planos ambiciosos: no futuro, a Intercel pretende vender planos casados e aparelhos celulares com os parceiros do SuperApp.

Banco Inter deverá ter diversos negócios interligados

A ideia do Banco Inter é criar diversos negócios que fiquem interligados. De acordo com o presidente do banco, a ideia é criar uma ”teia”. Ele ainda frisou a importância do SuperApp:

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

“A importância desse SuperApp é tão grande quanto a importância dos produtos bancários. Na verdade, é fundamental. Não vejo o Inter sem essa vertical. Ficaríamos como uma empresa manca.”

Das 103 lojas que já se encontram no SuperApp do Banco Inter, ao menos 17 já permitem que o cliente faça compras diretamente no app. Nas outras lojas, o usuário clica no produto e acaba sendo redirecionado para o site da loja.

“Você vai no espaço das Casas Bahia, acha a televisão, clica e compra. Tudo sem sair do app”, disse Menin.

Entretanto, o Banco ganha de qualquer forma a comissão das vendas, que varia de 8 a 10%. Então, a compra diretamente dentro do app se torna uma questão de experiência do usuário.

Menin também afirmou que ainda podem ser incluídas muitas lojas no app, entretanto, poderá haver um limite:

 “Enxergamos que há espaço para chegarmos em pouco mais de 200 lojas. Não mais do que isso.”

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

O plano do do Banco Inter é bastante audacioso, principalmente por se tratar de um banco:

“Vamos ter o tamanho de um grande varejista. Neste ano, nossa meta é movimentar mais de R$ 600 milhões na plataforma”, revelou Menin.

Números do primeiro trimestre foram animadores

O Banco Inter revelou que ao menos 362 mil clientes fizeram compras pelo SuperApp no primeiro trimestre de 2020. As compras feitas foram das mais variadas, desde produtos acima de R$ 5 mil, até produtos mais baratos, como Gift Cards da Google Play no valor de R$ 20.

Somente na primeira semana de maio, o marketplace movimentou R$ 100 milhões. No mês anterior, o faturamento foi de R$ 31 milhões, impulsionado pelo isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus. Para se ter uma ideia, assim que a crise causada pela pandemia ficou mais severa, o volume transacionado na plataforma cresceu 82%. Segundo Menin, a ideia é sobretudo crescer cada vez mais daqui para frente.

Por enquanto, o Banco Inter conta com mais de 5 milhões de correntistas e vem angariando 320 mil novos clientes por mês.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

Imagem: Shutterstock/Julio Ricco

PUBLICIDADES
Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar